Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1737 - 24 de julho de 2020

Crônicas

Bucolândia...

Edição nº 1737 - 24 de julho de 2020

Os prefeitos do bicentenário José Sebastião de Almeida (31.01.1967 a 31.01.1971)

Demonstração de respeito a nossa gênese - Chico Urbano

Edição nº 1736 - 24 de Julho de 2020

Todas as nossas ações foram afetadas pela epidemia que graça as atividades humanas. Estamos à mercê do improvável esperando uma nova dimensão para a sociedade. Entendemos rapidamente nos últimos noventa dias a nossa impotência em relação ao futuro e a nós mesmos.

É um paradoxo referir-se ao Desemboque neste tom filosófico e longe da pretensão de mostrá-lo importante.

Longe dos olhos, perto do coração

Edição nº 1731 - 12 de Junho de 2020

Transvivenciou o amigo querido, Ariston, o Beduíno Nuporanga. Nossa amizade durante muitos anos foi imensamente fraterna, até que um dia ele saiu de vez da convivência ao deixar sua cidade natal para ocupar o primeiro escalão da governança da vizinha Conquista.

Pentecostes: vem Espírito de vida e salva-nos!

Edição nº 1730 - 05 de Junho de 2020

Todos nos sentimos perdidos, investigadores, médicos e médicas, epidemiologistas, biólogos e todos os saberes que instauramos, todos não conhecemos o covid-19 nem sabemos como enfrentá-lo eficazmente com uma vacina. Oxalá não seja o que alguns biólogos, há muito, temem: o NBO (Next Big One) “o próximo grande” vírus que fará desaparecer a espécie humana.

Além do covid-19 e dos vários vírus já conhecidos, enfrentamos tempos ecologicamente ameaçadores, como o aquecimento global, a sexta extinção em massa, a erosão da biodiversidade e outras.

Os contadores de histórias

Edição nº 1729 - 29 de Maio de 2020

Como professor da EE Cel. José Afonso de Ameida já escrevi e montei com os colegas várias e lindíssimas coroações a nossa padroeira, Na. Sra. do Patrocínio do Santíssimo Sacramento. “Velhos tempos, belos dias...”. Mas como jornalista e profissional de imprensa foi a primeira vez, o que muito nos honrou, juntamente com os demais veículos de comunicação de massa da cidade. Carinhosamente, em nome d'O Estado do Triângulo, agradeço ao pároco Pe. Ricardo Fidelis pelo convite e, à Nossa Senhora, as graças advindas. 

Uma leitura de cego da encíclica ecológica Laudato Si

Edição nº 1729 - 29 de Maio de 2020

 Um cego capta com as mãos ou com seu bastão as coisas mais relevantes que encontra pela frente. Pois assim tentaremos fazer uma leitura de cego acerca da encíclica ecológica do Papa Francisco, Laudato Si: sobre o cuidado da Casa Comum, cujos 5 anos (24/05/2015) acabamos de celebrar. Quais são seus pontos relevantes?

Antes de tudo, não se trata de uma encíclica verde que se restringe ao ambiente, predominante nos debates atuais. Propõe uma ecologia integral que abarca o ambiental, o social, o político, o cultural, o cotidiano e o espiritual.

Covid-19: ou cooperamos ou não teremos futuro nenhum

Edição nº 1728 - 22 de Maio de 2020

Uma pergunta sempre esteve presente nas buscas humana: qual é a nossa essência específica? A história conhece inumeráveis respostas. Mas a mais contundente, convergência de várias ciências contemporâneas como a nova biologia evolucionária, a genética, as neurociências, a psicologia evolutiva, a cosmologia, a ecologia, a femenologia e outras é essa: a cooperação.

Voltar à “normalidade” é auto-condenar-se (I)

Edição nº 1726 - 8 de Maio de 2020

Quando passar a pandemia do coronavírus não nos é permitido voltar à “normalidade” anterior. Seria, em primeiro lugar, um desprezo pelos milhares que morreram sufocados pelo vírus e uma falta de solidariedade para com os parentes e amigos. Em segundo lugar, seria uma demonstração de que não aprendemos nada daquilo que é ou foi mais que uma crise, mas um chamado urgente para mudarmos a nossa forma de habitar a única Casa Comum. Temos a ver com um apelo da própria Terra viva, esse super-organismo que se auto-regula do qual somos sua porção inteligente e consciente.

O que poderá vir depois do coronavírus?

Edição nº 1725 - 1º de Maio de 2020

Muitos já sentenciaram: depois do coronavírus não é mais possível levar avante o projeto do capitalismo como modo de produção nem do neoliberalismo como sua expressão política. O capitalismo é somente bom para os ricos; para os demais é um purgatório ou um inferno e para a natureza, uma guerra sem tréguas.

O que nos está salvando não é a concorrência - seu motor principal - mas a cooperação, nem o individualismo - sua expressão cultural - mas a interdependência de todos com todos.

A Terra contra-ataca a Humanidade pelo coronavírus

Edição nº 1724 - 24 de Abril de 2020

Mais e mais cresce a consciência de que a Terra e a Humanidade tem um destino comum, pois formam um única e complexa unidade. Foi o que os astronautas da Lua ou de suas naves espaciais nos testemunharam. Uma porção dela é inteligente e consciente: são os seres humanos.