Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

morre

Morre Eurípedes Craide, um dos grandes políticos da região

Edição nº 1425 - 01 Agosto 2014

O advogado, ex-vereador uberabense e ex-deputado estadual, Eurípedes Craide, 84, morreu na madrugada dessa segunda-feira, 28, vítima de parada cardíaca, no Hospital São Marcos, onde esteve internado 28 dias, devido a problemas renais. Craide fazia  tratamento de hemodiálise há quatro anos. 

Deu no ET há 30 anos

Edição nº 1422 - 11 Julho 2014

Benigna fica do Brasil

Depois de dois anos na Europa, Ir. Maria Benigna de Jesus Martins retorna ao Brasil, onde permanece à disposição de sua congregação, inicialmente exercendo seu apostolado na Casa da Criança, em São Paulo. Revendo os amigos em Sacramento, disse que gostaria de ficar por aqui, mas que, também em São Paulo pode exercer um profícuo trabalho.

Paulinho da Baixada morre vítima de acidente

Edição nº 1421 - 04 Julho 2014

O trabalhador autônomo, Paulo Roberto de Freitas (foto), 48, mais conhecido por Paulino da Baixada, morreu na noite da quarta-feira, 2, na Santa Casa de Sacramento, após ser atropelado pelo veículo VW Gol, conduzido por VRSF, 71,  no início da rodovia Antenor Duarte, próximo à entrada do bairro Cajuru. 

Morre o agrimensor Papa

Edição nº 1418 - 13 Junho 2014

O agrimensor aposentado, Adolpho Dias Barbosa, Papa, morreu no dia 22 de maio, em sua residência, aos 86 anos. Após ser velado por familiares e amigos, foi sepultado no cemitério São Francisco de Assis.  Viúvo de Gianette Giani Wilson Barbosa,  Adolpho deixa os filhos, Olavo, Arthur (Mary Rose), Sinara (Elias) e Vanessa (José Ronan) sete netos e  uma bisneta.

Aos 92 anos, morre o sanfoneiro Maroca

Edição nº 1417 - 06 Junho 2014

Morreu em sua casa, rodeado pela esposa e filhos, na madrugada dessa segunda-feira, 2, o músico Mário Terra, Maroca, aos 92 anos.  Maroca há alguns anos vinha com  o agravamento do estado de saúde,  alternando os seus dias entre o hospital e a residência, sempre ao lado da esposa, Terezinha, também adoentada e cadeirante.

Morre o Prof. Paulo Lucas

Edição nº 1416 - 30 Maio 2014

Morreu em Uberaba, onde estava internado, aos 77 anos, dia 20 último, o Prof. Paulo Lucas, primogênito do saudoso casal, José Lucas da Silva Júlio (Seu Lulu) e Maria Madalena Bento da Silva. Vítima de apêndice supurado e complicações com diabetes, o professor, que também foi empresário gráfico, profissão herdada do pai, editor de jornais em Sacramento, mudou-se para Frutal há 40 anos, quando foi transferido do então Banco da Lavoura para aquela cidade. Casado com Vespertina de Oliveira, falecida, deixou dois filhos, Paulo Jr. e Saniday. 

Dom Roque morre em Uberaba

Edição nº 1412 - 02 Maio 2014

O arcebispo emérito de Uberaba, dom Aloisio Roque Oppermann, 77,  foi encontrado morto em sua residência, no bairro Mercês, em Uberaba, na manhã do domingo, 27, por volta das 9h30. Dom Roque, como era conhecido,  deveria celebrar a missa dominical das 7h, no Carmelo, porém não compareceu. Um grupo de padres foi até a residência onde encontraram o corpo no sofá, a TV ligada e um jornal do dia 26 aos seus pés, o que indica que ele faleceu no sábado.

Tião Izidoro morre em Uberaba vítima de atropelamento

Edição nº 1409 - 11 Abril 2014

Sebastião Isidoro de Souza , 90, morreu em Uberaba no último dia 8, vítima de  traumatismo craniano. Tião Izidoro, como era mais conhecido, foi atropelado  por um motociclista inabilitado, quando caminhava pela avenida Doutor Thomaz Bawden de Camargos, no bairro Boa Vista,  em Uberaba, onde residia. Ao  tentar atravessar a via, foi atropelado pela  motocicleta Honda CG Titan, de cor azul, com placa GSN-9217, de Uberaba, conduzida por Danilo de Oliveira Santos, 21, que seguia  pela avenida sentido centro/bairro.

Morre Irmã Flávia em Uberaba e deixa herança para seu gerente

Edição nº 1408 - 04 Abril 2014

A dominicana, Irmã Maria Flávia Bernardes, mais conhecida por irmã Flávia, morreu na última sexta-feira, 28, no Hospital São Domingos, onde sempre trabalhou como enfermeira, em Uberaba, aos  91 anos. Irmã Flávia foi velada por familiares e amigos na Capela do hospital e, após missa de corpo presente e exéquias celebradas por Mons. Levi Fidelis Marques, foi sepultada no jazigo da congregação, no cemitério São João Batisa, deixando para a cidade, um grande legado, dentre eles o Hospital São domingos, do qual foi  uma das fundadoras.

Deu no ET há 30 anos

Edição nº 1408 - 04 Abril 2014

Inaugurada Gotinhas de Mel