Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1783- 18 de junho de 2021

Paulinho da Baixada morre vítima de acidente

Edição nº 1421 - 04 Julho 2014

O trabalhador autônomo, Paulo Roberto de Freitas (foto), 48, mais conhecido por Paulino da Baixada, morreu na noite da quarta-feira, 2, na Santa Casa de Sacramento, após ser atropelado pelo veículo VW Gol, conduzido por VRSF, 71,  no início da rodovia Antenor Duarte, próximo à entrada do bairro Cajuru. 

De acordo com BO, a PM, assim que recebeu o comunicado, seguiu para o local, onde encontrou a vítima caída em decúbito, apresentando ferimentos no crânio, pernas e braços e, próximo às margens da rodovia, uma bicicleta. Com o auxílio da enfermeira Aline, que passava pelo local, foram feitos os primeiros socorros, o local foi isolado e a vítima encaminhada ao pronto socorro. 

Segundo as testemunhas, EAF e ACN, que faziam caminhada pelo local, o Gol, conduzido por VR, que trafegava pela rodovia sentido cidade (bairro Cajuru), veio a colidir com  o ciclista Paulo, que seguia de bicicleta no mesmo sentido do veículo  Gol. 

Ainda, de acordo com as testemunhas, após o acidente, o condutor do Gol não parou e chocou-se contra um Fiat Uno, que estava estacionado na avenida Tomás Novelino e, na sequência, chocou-se contra outro Fiat Uno Mille que estava estacionado próximo à empresa Sak´s, e que foi lançado aproximadamente 20 metros à frente e o Gol parou. 

Consta do BO ,que, VRSF permaneceu no local e confirmou o relato das testemunhas, dizendo que passou mal quando conduzia  o veículo, que é diabético e sofreu hipoglicemia, perdera a consciência e não se recordava do que aconteceu. 

Ainda de acordo com o BO, durante o desenrolar dos fatos, houve manifestação de populares, no intuito de agredir o condutor VR, que foi retirado do local. A perícia compareceu ao local do acidente para os trabalhos de praxe. VR foi  submetido ao teste do bafômetro, mas não apresentou sinais de embriaguez.  

O corpo de Paulo Roberto, que morreu na Santa Casa, foi encaminhado ao IML de Araxá e liberado para a família  no dia seguinte, 3, e encaminhado ao velório, onde foi velado por familiares e amigos. Após a bênção do corpo foi sepultado  no Cemitério S. Francisco de Assis.  

De acordo com o delegado Rafael Jorge, embora o autor seja um policial da reserva, o procedimento para o caso é o de praxe: “Instaurar inquérito policial para apurar as responsabilidades como qualquer outro acidente de trânsito com vítima fatal. Foi realizada perícia no local, o condutor não apresentou sinais de embriaguez conforme teste no 'bafômetro', ouvir as testemunhas e concluir o inquérito para ser encaminhado ao Ministério Público”.

Paulo Roberto de Freitas, 47, filho de Idalina Alves de Freitas e de Paulo de Freitas era aposentado por invalidez e recolhia material de reciclagem nos lixos, para ajudar nas despesas de casa. Separado judicialmente, Paulo deixa três filhos. Ouvida pelo ET, a família aguarda o depoimento de testemunhas que presenciaram o fato para ajudar no inquérito. “Esperamos justiça”, disse um dos irmãos.