Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

Editorial

Aprenda a enxergar a beleza das rugas

Lenize Bahia Chaves

As pessoas parecem estar perdendo a sensibilidade ao belo. A maioria só considera belo aquilo que se conforma com os padrões estéticos propagados pela mídia. E estes padrões têm insistentemente cultuado a juventude, como se não houvesse beleza na velhice. E há tanta exuberância num rosto marcado pelo tempo! Ele registra em si uma história de vida. É uma escultura viva, modelada por emoções, sensações, pensamentos, atitudes. Mas se hoje percebemos a velhice como fase de declínio e decadência, isto não foi sempre assim na história da humanidade. A própria bíblia contêm passagens nas quais a velhice é retratada com vigor e força. O gênesis, por exemplo, nos diz: "Eis a duração da vida de Abraão: Ele viveu 175 anos e entregou sua alma movendo numa ditosa velhice, em idade avançada e cheio de dias". Entre outras, há também uma referência ao livro de Jô que nos diz: "em robusta velhice e entrará para o sepulcro como um feixe de trigo que se recolhe ao seu tempo". Percebemos então, que velhice não é uma verdade absoluta, mas uma concepção que pode variar conforme a cultura, a época e, principalmente, de acordo com os valores que uma sociedade dá aos seus participantes.

Privilégios e Corrupção

Ricardo Alexandre de Moura Costa(*)

As eleições estão aí e com ela a difícil tarefa de escolher o "menos pior" dos candidatos frutos de uma instituição política que se caracteriza muito mais pelos privilégios do que pelas responsabilidades.

Privilégios, nas palavras de Guilherme de Souza Nucci, "são herança de uma legislação elitista que muito se compatibilizou com os regimes ditatoriais fundados na imposição da força e na suposta superioridade das autoridades". Antigamente aqueles que possuíam títulos de nobreza somente seriam presos por mandados especiais do rei, mostrando-se que era dado, e ainda é, maior valor à noção de autoridade do que à noção de igualdade, com o pequeno agravante de que hoje a igualdade é um dos pilares da democracia.

Para sempre lembrado

Ivone Regina Silva(*)

Entre as lindas datas a serem comemoradas no mês de maio, como o Dia do Trabalho, Dia das Mães, Abolição da Escravatura e outras, incluímos também o dia 18 de maio, data do nascimento do querido e saudoso Papa João Paulo II.

No dia 02 de abril completou-se um ano de sua morte e sua falta não será nunca suprida.
Apesar de todos os sofrimentos, João Paulo jamais perdeu a lucidez e prosseguiu pastoreando com mão firme a barca de Pedro.

Todo o mundo considera-o como um dos grandes, senão o maior, personagem do século XX.
Sem ele, não teria desmoronado o império soviético. Não teria sido derrubado o Muro de Berlim e ainda hoje estaríamos em plena e ameaçadora Guerra Fria entre o Ocidente e a ex-União Soviética.

Editorial - Acorda Sacramento

João Oswaldo Manzan

"O único sentido da nossa existência é de que possamos conseguir com o nosso próprio esforço galgar nossos passos em direção ao bem". Sacramentano eu sou de fato e aprendi crescendo aqui a respeitar e lutar pelo bem da cidade que tanto amamos.

Quando falo da cidade, lembro de tudo que temos aqui: a tranqüilidade, a harmonia, a alegria, e principalmente os amigos dentre muitas outras qualidades. Sabemos que com o passar do tempo a cidade vai crescendo e alguma s coisas vão acontecendo, sejam elas ruins ou boas, ma as união de nosso povo sempre deu a volta por cima de todos os problemas.

Editorial

Defina suas Metas

Por Paulo Araújo*

É sempre a mesma história. Todos falam em metas ou objetivos claros na vida, mas quando chega à hora de colocar tudo no papel, no micro ou palm é aquele sacrifício. As idéias não vêm e quando surgem são poucos os que conseguem descrever com clareza e objetividade o que se pretende.
Há muito tempo atrás - coisa do século passado mesmo eu tive a oportunidade de fazer um curso de apenas uma semana no SEBRAE e lá aprendi uma dessas regrinhas de ouro, que ajudam à vida da gente e que sigo até hoje. Simples, prática e super fácil sempre me ajudam na hora de colocar minhas metas no papel. Mas antes, vamos deixar claro que uma meta só é uma meta se existir possibilidade de fracasso, deve ser um desafio e contribuir para o seu desenvolvimento, seja em qual aspecto for. Hoje, muitos vivem sobre suas limitações e não sobre seus potenciais. Que tal mudar este jogo?

Alô ET virtual, parabéns!!!...

Olh'aí os leitores navegando na net e enviando cumprimentos ao jornal ET pela edição 'on-line'. Veja alguns dos e-mais recebidos pelo serviço Interativo da página dos leitores:

Parabéns pelo novo site do Jornal O Estado do Triângulo. Visual limpo, fácil e rápida navegação, uma referência para nós sacramentanos! Sucesso.
Celso Cerchi Bonatti

Mesmo estando longe da Terrinha sempre fico ligada nas notícias que chegam pelo Jornal O Estado do Triângulo. Agora muito mais feliz, por estar podendo ver tudo pela net. Parabéns por esta iniciativa e um forte abraço.

Editorial - O Brasileiro Comum

O melhor do Brasil é o brasileiro comum.
Aquele que os mais ignorantes teimam em tratar com desdenho, sem dar importância. Gente incapaz de agradecer um garçom que serve um café na reunião, gente que acha que qualquer salário mínimo e a garantia de um empreguinho vai calar a boca dos motoristas, das secretárias e dos caseiros.

Temos orgulho dos Pelés, Ayrtons, Diegos, Daianes, Ronaldinhos, Drummonds, Miltons e outros tantos que levam nosso país aos degraus dos pódiuns, às listas de escritores mais lidos ou músicas mais tocadas nas rádios de todo mundo.

Mas o que nos emociona de verdade são os faxineiros que devolvem malas de dinheiro achadas nos aeroportos e metrôs, são os que não têm medo da verdade e da força dos poderosos. São as pessoas que abrem mão de fortunas para cuidar de pobres, das pessoas que abrem suas casas e as transformam em asilos, creches, etc.

Páscoa

Páscoa

Tempo de Ressurreição!
Tempo em que CRISTO transcende
as fronteiras entre a vida e a morte.

E ressurge glorioso, rompendo as correntes do ódio, da prepotência e do egoísmo.

Vencendo a cruz e a humilhação,
para maravilhar-nos com a
Sua Ressurreição.

P Á S C O A!

Tempo em que CRISTO ressurge
para mostrar-nos que o viver não tem limites
e a morte é apenas uma passagem para
a outra margem...

E a outra margem é o tempo de
construção de uma nova vida, de liberdade,
de libertar e de libertação.

Tempo de CRISTO no tempo do homem,

Turismo histórico... sem patrimônio histórico!

Alessandro Abdala

Editorial

Quatro anos se passaram da última eleição presidencial, e já estamos aí de novo. Você lembra em quem votou? Acha que valeu o seu voto? É hora de refletir sobre o último pleito, a fim de aprimorarmos nosso modo de escolha, que por falta de opções, se torna cada vez mais difícil.
É bom ressaltar, que a consciência política acaba refletindo no nosso cotidiano, no pão que compramos, no preço dos combustíveis que são essenciais a todos, no atendimento de hospitais da rede pública, dentre outras coisas...

Mas, voltando ao que interessa, esta é (e todas serão) uma das mais importantes eleições do nosso Brasil. E será, com certeza, a mais "quente" delas.