Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº1733 - 26 de Junho de 2020

Gente

Saudades...

Edição nº 1698 - 25 de Outubro de 2019

Morrem os primos, Macalé e Ditinho

Primos, charás, vizinhos, a mesma madrinha de batismo e pedreiros, com uma longa jornada de serviços prestados nas mesmas obras e quis ainda o destino que fossem para os braços do Pai no mesmo dia 20. 

Um pouco de duas irmãs Zezé e Terezinha, que é do Menino Jesus

Edição nº 1698 - 25 de Outubro de 2019

Quem tem irmãos sabe como é dividir todos os momentos e ter com quem compartilhar lembranças incríveis da infância. E foi exatamente isso, que o ET presenciou esta semana num bate papo com duas belas irmãs que, juntas, somam 176 anos:  Maria José Alves Magnabosco (Zezé) 86, e Terezinha do Menino Jesus Vieira, 90. Zezé e Terezinha são as duas únicas filhas dos saudosos Olívio Alves Figueiredo e Maria Madalena Ferreira. Ambas sacramentanas, aqui nasceram, cresceram, estudaram, se casaram e constituíram famílias.

Saudades...

Edição nº 1696 - 18 de Outubro de 2019

Massao, um homem de bem

Clóvis Ludovice, fundador da Unifran, morre aos 77 anos

Edição nº 1696 - 11 de Outubro de 2019

O fundador da Unifran (Universidade de Franca), Clóvis Eduardo Pinto Ludovice (foto) morreu na noite da sexta-feira, 4. Ele completaria 78 anos no próximo dia 13 de novembro. O advogado estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital São Joaquim desde o último dia 26 de setembro com insuficiência respiratória. Clóvis Ludovice deixa a esposa Maria Teresa Segantin Ludovice, quatro filhos, oito netos e um grande legado como empresário e educador.

250 famílias de conjuntos populares já receberam escritura de suas casas

Edição nº 1696 - 11 de Outubro de 2019

Com a entrega de 23 escrituras registradas em cartório aos proprietários de casas populares dos conjuntos habitacionais, Cajuru, a maior parte, Júlia Terra e Morada do Sol e já iniciando o Alto da Santa Cruz, o governo municipal completou esta semana a entrega de 250 escrituras lavradas e registradas em cartório. 

Globo estreia 'Segunda Chamada' na EE Carolina Maria de Jesus

Edição nº 1696 - 11 de Outubro de 2019

Estreou nessa terça-feira 8, na rede Globo, a série 'Segunda Chamada', ambientada em uma escola da periferia de São Paulo, denominada Escola Estadual Carolina Maria de Jesus, como um tributo dos autores a uma das primeiras e mais importantes escritoras negras do Brasil, que acaba de entrar na galeria das seis mulheres que fizeram história no país. Esta semana, os Correios lançaram o selo de porte simples com a estampa da escritora sacramentana. (veja matéria nesta edição).

Artista plástico Fabiano é destaque na TV Regional

Edição nº 1695 - 04 de Outubro de 2019

O artista plástico e pintor sacramento, Fabiano Augusto dos Santos (foto) , mais uma vez é destaque na região, desta vez no g1.globo.com//triangulo-mineiro, na série “Minha Uberaba”, onde a repórter Erika Machado da TV Integração narra o trabalho do artista no Santuário da Medalha Milagrosa, durante sete anos. 

André Capucci é o vencedor do Slam para Carolina

Edição nº 1694 - 27 de Setembro de 2019

Slam para Carolina teve a grande final, no domingo 22, às 16h, na Casa da Cultura Sérgio Pacheco, que teve como vencedor André Capucci. Edson Militão e Tokinho Carvalho, ficaram com o segundo e terceiro lugares, respectivamente. Os três têm participação garantida no Slam Nacional, em Belo Horizonte, em data ainda a ser definida.

Noiva grávida morre na porta da Igreja; bebê nasceu prematura e sobreviveu

Edição nº 1693 - 20 de Setembro de 2019

A enfermeira Jéssica Victor Guedes, 30 anos, grávida de 7 meses, passou mal minutos antes de casar na noite do último sábado (14). Ela teve um AVC hemorrágico em decorrência de uma eclâmpsia.

A mulher foi socorrida pelo noivo, que já foi bombeiro, passou por uma cesárea de emergência e cirurgia para conter uma hemorragia abdominal, mas não resistiu e faleceu no domingo (15).

Placa de sinalização fora do padrão

Edição nº 1692 - 13 de Setembro de 2019

Gilberto, alpinista da Monks, teve uma passagem desagradável pela cidade, quando esteve realizando um trabalho no Colégio Allan Kardec, ao ser vítima de uma cabeçada contra uma placa de sinalização no cruzamento das ruas Joaquim Murtinho e Major Lima.  Assentada fora do padrão da altura exigida, ao passar por ela, Gilberto sofreu o acidente. A sorte foi que estava com um boné, do contrário a lesão teria sido bem maior. “Não conheço bem a cidade, vinha distraído e quando virei para entrar na padaria bati com cabeça na quina da placa.