Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1737 - 24 de julho de 2020

Polícia em Ação...

Edição nº1733 - 26 de Junho de 2020

Jovem de 21 anos morre na MGC-428

 

Dois acidentes nas rodovias que cortam o município no domingo (21). O primeiro tirou a vida do jovem francano Edward Modolo Silva Biussi, de 21 anos; o segundo, uma colisão frontal entre dois veículos, no Km 191, da MG 190, deixou duas pessoas feridas. 

O jovem  francano Edward Modolo Silva Biussi, de 21 anos, morreu vítima de acidente, no Km 91, da  MGC-428, por volta das 6h30 do último domingo 21. 

De acordo com o BO, o pai Plínio Biussi 68 e o filho Edward seguiam pela rodovia numa pick up GM/Montana Conquest, de Franca, quando na altura do KM 91 colidiu na traseira do Caminhão M.B/Mercedes Benz, de Patos de Minas que se encontrava parado na via. Com a colisão, segundo o pai, viu que o filho morreu na hora. Plínio que conduzia a caminhonete teve apenas corte na cabeça.  

O pai disse ainda à PM, que não havia nenhuma sinalização na via, nem iluminação, nem galhos na pista, informação que foi confirmada pela testemunha J.D.A 59, que destacou também o sol nascente que ofuscava a visão. 

O motorista do caminhão JTS 60, relatou à PM que dois pneus traseiros estouraram por volta das 23h30 da noite do sábado e ele teve de parar no local para o reparo. Pelas fotos, parte da traseira do veículo permaneceu na pista. E que aguardava a chegada de um borracheiro naquela manhã para fazer o serviço. Sobre a falta de sinalização, JTS disse à Polícia Rodoviária que havia deixado o pisca-alerta ligado e que havia colocado galhos na pista ainda na noite anterior. O motorista JTS estava acompanhado do passageiro FSS 25, que dormia na hora do acidente.  

 

O perito Walisson Duarte e o auxiliar de necropsia Hudson Fiuza compareceram ao local para os trabalhos de praxe e o corpo de Edvard foi encaminhado ao IML de Araxá.  Edward que ajudava o pai na venda de queijos em Franca foi sepultado em Franca. 

 

Duas pessoas ficam feridas em colisão na MG-190

 

Também na tarde do último domingo 21, por volta das 17h50, FMG, 35, teve o seu veículo Renaut/Sandero, de Sacramento, atingido por um GM Kadet, conduzido por AIM 54, no Km 191, da rodovia MG-190, próximo a empresa Rações Scala.  

De acordo com o BO, FMG seguia sentido Sacramento, quando o Kadet invadiu a pista contrária não sendo possível evitar a colisão. O Renaut parou na faixa de domínio da rodovia e o Kadet parou sobre a pista, sendo necessária a remoção para desobstrução da pista. 

FMG teve ferimentos leves   na cabeça, foi encaminhada ao pronto socorro sendo liberada em seguida. Já AIM foi encaminhado para o pronto socorro da Santa Casa inconsciente e um corte na boca.  Conforme o BO, o médico de plantão informou que a vítima se apresentava bastante alcoolizada (olhos vermelhos, fala desconexa e hálito etílico). AI confirmou que estava num rancho e que havia ingerido bebida alcoólica.  No veículo foi encontrada uma lata de cerveja aberta. 

 

A vítima   permaneceu em observação, não sendo possível conduzi-la à Delegacia de Polícia. A documentação de veículo estava regularizada, mas AIM não possui habilitação. 

Líder de quadrilha que fraudava CPF para pedir auxílio emergencial é preso em BH
Um homem de 27 anos suspeito de ser um dos líderes de uma quadrilha nacional de falsificação de documentos foi preso pela Polícia Militar nessa segunda-feira 22. De acordo com o boletim de ocorrência, o homem tinha em seu computador vários Cadastros de Pessoas Físicas (CPFs) gerados e utilizados para fraudar e conseguir o auxílio emergencial do Governo Federal fornecido em função da pandemia pelo novo coronavírus (Covid-19). Além disso, havia vários outros documentos falsificados e papel moeda verdadeiro utilizados para o crime de estelionato.
Em sua residência, em Venda Nova, foram apreendidos R$ 6.895,00 em dinheiro, dois celulares, oito impressoras, um relógio digital e um notebook e também documentos falsificados: carteiras de identidade, carteiras funcionais da Polícia Civil, luz negra para identificar a veracidade dos documentos, cheques, cartões de crédito, carteiras de motoristas e documentos para retirada do auxílio emergencial.
“Esse cidadão possuía vários materiais como papel moeda original verdadeiro, onde ele imprimia documentos como CNH (Carteira Nacional de Habilitação), documentos de identidade e passaportes. Ele também utilizava de sistemas públicos para obter informações, dados pessoais, gerar novos CPFs e validar esses CPFs que foram utilizados para conseguir o auxílio emergencial. Aproximadamente 200 CPFs em cada um dos arquivos que ele possuía em seu computador. Então é realmente um criminoso com grande expertise, segundo informações encabeçando esse tipo de crime aqui em Minas Gerais, porém fazendo parte de uma quadrilha nacional”, informou a capitão Layla Brunella, chefe da Sala de Imprensa da Polícia Militar de Minas Gerais.
De acordo com a polícia, o homem confessou os crimes, disse que há aproximadamente dois anos atua como chefe da organização em Minas Gerais e envia os documentos para todo Brasil. Segundo o autor, ele consegue os materiais para confeccionar os documentos por meio de negociações nas redes sociais. 
Policiais militares do 16º Batalhão chegaram até o suspeito após um trabalho da Diretoria de Inteligência da PM.  O homem foi encaminhado ao Departamento de Flagrantes (Deplan) da Polícia Civil 4, foi ouvido, porém, não ficou preso, conforme justifica a Polícia Civil: 
“- O suspeito foi conduzido para a Delegacia de Plantão 4, prestou declarações e será investigado por falsificação de documento público (art. 297 do Código Penal). Mesmo com apreensão do material na condução, não havia elementos para afirmar que a falsificação teria ocorrido em momento apto a sustentar a prisão em flagrante do suspeito. Isso devido ao fato de que ele não estava cometendo o crime, no momento da abordagem, e nem de indícios de que ele teria acabado de realizá-lo. Trata-se de fato complexo, que necessita de minuciosa investigação a fim de individualizar as condutas supostamente praticadas".
 (Fonte: Jornal O Tempo)