Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

Terror se estende durante a manhã na cidade e na fazenda São Basílio

Edição nº 1681 - 28 de Junho de 2019

O terror se estendeu pela manhã para moradores da Fazenda São Basílio, no município de Sacramento, onde sete pessoas, dentre elas, duas crianças, ficaram  reféns de dez autores num caminhão. Todos foram presos, após duas horas de negociações e a vítimas foram liberadas. E dois homens foram presos por porte ilegal de arma e munições, no posto do Tião, na rodovia MG-428, mas a princípio, não têm nada a ver com os autores da ação em Uberaba. 

Conforme informações da imprensa uberabense, a ação criminosa envolveu mais de  veículos e pelo menos 25 autores fortemente armados. Na ação, foram atingidas uma agência do Banco do Brasil, duas agências do banco Itaú, o quartel do Corpo de Bombeiros,  onde foram disparados 17 tiros, atingindo duas viaturas e outros locais do prédio, como paredes e janelas. 

Além das agências bancárias e do quartel do Corpo de Bombeiros, tiros também atingiram o Anexo da Câmara Municipal de Uberaba. Um caminhão que estava na Praça Rui Barbosa deixando mercadorias em lojas da região, os motoristas foram surpreendidos pelos bandidos com fuzis e feitos reféns por cerca de uma hora. Apesar de não terem sido atingidos, os ocupantes ficaram de escudo para os criminosos. 

Segundo informações, os bandidos tentavam derrubar drones que sobrevoavam a região. Uma jovem de 22 anos, que saia do trabalho, foi atingida no fogo cruzado em um posto de combustível, na av. Fidélis Reis. Ela foi socorrida por terceiros, uma vez que guarnições do Samu nem do Corpo de Bombeiros conseguiram chegar a tempo para socorrê-la. Ela foi encaminhada em estado grave ao Hospital de Clínicas da UFTM, onde passou por cirurgia e o quadro é considerado gravíssimo, já que foi atingida na cabeça. 

Durante a fuga, um funcionário da Triunfo, concessionária que administra a BR-262 levou um tiro, quando os autores tentavam roubar o veículo da concessionária.  E três pessoas foram feitas reféns na Drogasil do Centro durante a madrugada. Os reféns foram liberados na rua Niza Marquez Guaritá, horas após o início da ação criminosa. 

Na cidade, as aulas, os jogos do JEMG e vários serviços foram suspensos pela manhã, dentre eles,  transporte público e os órgãos públicos, agências bancárias e Cerca de 1.300 consumidores ficaram sem energia, devido aos transformadores danificados pelo tiroteio, na Praça Henrique Krugger,  Leopoldino de Oliveira e rua Tristão de Castro.

 

Operação cerco e bloqueio prende dez em fazenda

Quatro frentes de operação de cerco e bloqueio envolvendo as polícias militar,   civil e de Meio Ambiente de Uberaba, 37º Batalhão de  Araxá e outros de  cidades vizinhas, para evitar a fuga dos bandidos pela  BR-050, BR-262, LMG-798 e Univerdececidade, utilizando, inclusive,  quatro helicópteros.  

O cerco obteve um grande êxito. Dez homens, todos com idades entre 30 e 35 anos, foram presos após se renderem na fazenda São Basílio. Segundo as notícias, todos são do Estado de São Paulo, região de Campinas e adjacências.

Os militares conseguiram apreender um arsenal, com com metralhadores, escopetas, fuzis, pistolas e até mesmo uma metralhadora .50 e uma AK.47, coletes (um deles da PM de SP), carregadores, dentre outros que ainda estavam em poder dos assaltantes e mais de 50 kg de explosivos no meio de um canavial, que poderiam ser dos autores. Aprendidos também 12 veículos, dos quais, duas caminhonetes, roubadas em Sana Juliana há poucos dias.  

De acordo com o comandante da 5ª Região Policial Militar, coronel Lupércio Peres Dalvas, que esteve à frente da operação de combate à série de ações criminosas, em entrevista ao JMOnline, afirmou: 

“- Essa é uma das maiores apreensões de armas após um ataque que podemos chamar de extremamente estratégico desses bandidos, aqui no estado mineiro. Temos a possibilidade, um caminho, e até fazer outras apreensões. Nós sabemos que esses marginais têm experiência em outros eventos dessa natureza, já são conhecidos no mundo policial, alguns já eram procurados. Vamos estar batendo os nomes, pois pode ser que estão dando nomes falsos, então, estamos trabalhando questões de inteligência com a Polícia Civil, Polícia Federal, Ministério Público juntamente com o GAECO, exatamente para traçarmos essa linha, mas, com certeza eles fazem um estudo antes de atuar, fizeram um estudo detalhado”. 

De acordo com o comandante, a maioria dos autores é de São Paulo. “Os dez presos de hoje são de Campinas, Jundiaí e região, que está encrustada com muitos marginais que atuam no campo de explosão a bancos. Estamos levantando isso, mas temos informações que que alguns integram uma organização criminosa de São Paulo, mas só as investigações que vão chegar a uma conclusão, então se eu falar de forma assertiva que são todos eles eu não poderia falar com tanta segurança, há necessidade de investigação e verificar os nomes que estão sendo dados”. 

Peres afirmou mais que vai orientar sistema prisional a não manter os criminosos na penitenciária local. “Isso não é competência da Polícia Militar e sim do sistema prisional e da própria Polícia Civil no sentido de orientação, mas a orientação que nós passaremos para o centro prisional, é que eles não permaneçam, tendo em vista o alto nível de periculosidade, que eles vão para um estabelecimento com maior segurança e mais distante. Esse vai ser o parecer meu como comandante regional”.  (Fonte: Imprensa Uberabense/Redação ET)