Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1783- 18 de junho de 2021

Temer extingue cerca de 130 rádios comunitárias

Edição nº 1657 - 11 de Janeiro de 2019

Um belo presente de Natal foi dado pelo ex-presidente, Michel Temer, às associações e fundações que administram Rádios Comunitárias no país. Foi um dos últimos atos administrativos do ex-presidente ilegítimo, ao autorizar o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, a extinguir a licença de cerca de 130 rádios comunitárias em diversas regiões do país. As portarias foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU), no dia 28/12, portanto no último dia útil do ano, marcando a despedida do ex-ministro Gilberto Kassab. 

Minas Gerais foi o estado que mais teve rádios comunitárias extintas. Ao todo, foram 27 portarias que extinguiram rádios no estado mineiro. Segundo o ministro Kassab, essas entidades não cumpriram com algumas condições para terem a renovação ou concessão de suas outorgas. 

De acordo com as informações, algumas das cidades sobretudo do Norte e Nordeste, tinham a rádio comunitária como único veículo de comunicação.  A Associação Brasileira de Rádios Comunitárias (Abraço Brasil) se manifestou em seu site sobre a decisão do MCTIC. A entidade disse que vê com preocupação a questão e conclamou as emissoras a continuarem a luta pela democratização da comunicação.