Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

Polícia em ação

Edição nº 1687 - 09 de agosto de 2019

PM prende Pai e filho suspeitos  de furto de gado em Uberaba

Policiais militares do 4º e 67º BPM prenderam nessa segunda-feira 6 um idoso, de 68 anos, e do filho dele, de 34 anos. A prisão se deu após denúncia anônima, informando  que quatro indivíduos estariam cometendo furto de gado numa fazenda. No local, as equipes se depararam com um veículo Fiat Toro ocupado por dois autores. Ao perceberem a presença da PM, começaram a fugir, houve troca de tiros e um dos autores foi baleado no braço.

Na carroceria da caminhonete, com queixa de roubo no dia 18 de julho, foram localizados cortes de animal bovino e  apreendidas uma pistola calibre 380, uma espingarda carabina calibre .38 e munições. As diligências continuaram e numa residência no bairro Planalto foram recolhidas uma espingarda calibre 20, duas calibre 23, uma Palio Weekend e uma carretinha com lancha náutica, ambas com queixa de roubo/furto carne de animal silvestre congelada, materiais de pesca predatória e caça e munições.

Os autores alegaram que o gado abatido seria para consumo próprio, porém, a suspeita é de que a carne seria vendida em um açougue de propriedade da esposa de um dos autores.

Em outra residência no bairro Copacabana, foram encontradas uma garrucha calibre 32, 30 munições intactas,  200 capsulas deflagradas e 31 pássaros silvestres mantidos em cativeiro com sinais de maus tratos.

Os dois autores foram presos em  flagrante por furto, porte e posse ilegal de arma de fogo e munições, receptação, pesca predatória, caça ilegal e manter animais silvestres em cativeiro.

 

Homem morre com um tiro nas costas em caça aos javalis

O motorista de uma usina em uma fazenda na zona rural da região de Sete Placas, em Ituiutaba, Leonardo Divino da Costa Júnior, 41, morreu na noite por volta das 21h30 dessa quarta-feira 7, ao ser atingido nas costas, por um tiro,  um único tiro de uma armadilha artesanal,  conhecida como trabuco, ou canhãozinho, que estava no meio do canavial instalada para matar javalis. 
Uma testemunha disse à PM que estava caçando ao lado da vítima nas imediações do canavial, quando   ouviram um barulho semelhante a um tiro e Leonardo saiu correndo para o interior do canavial. Instantes depois ele ouviu outro tiro. A testemunha disse que   quando foi ver o que havia ocorrido se deparou com a vítima caída. 
Durante as buscas os policiais encontraram munição calibre 380 intacta, que foi apreendida. A arma artesanal da armadilha, que estava com cartucho calibre 36 deflagrado, também foi recolhida. O médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atestou o óbito. A perícia esteve no local e constatou que o homem foi atingido por um único disparo no lado direito das costas.
De acordo com a imprensa de Ituiutaba,  a Polícia Militar de Meio Ambiente alertou que esse tipo de armadilha é proibida, até mesmo no manejo de javali, pois além de matar qualquer tipo de animal pode também  atingir pessoas. 
Para a  PM, como Leonardo gostava de caçar,  pode ter sido ele mesmo que instalou a armadilha.
 Em nota, a empresa disse que possui uma sólida política de segurança e proíbe o porte de arma de fogo dos funcionários. Eles disseram que estão colaborando com as autoridades locais e que reiteram o pesar ao familiares do funcionário, a quem está prestando apoio. (G1 Triângulo/Ituiutaba) 
Ciclistas que voltavam da Romaria são atropelados e duas pessoas morrem
Um grave acidente deixou duas pessoas mortas e cinco feridas, no KM 498, da BR-365, próximo ao trevo  Macaúbas de Cima,  a 30 quilômetros de Patrocínio, na manhã do domingo (04). 
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o acidente ocorreu por volta das 7h30. Uma Pálio e uma carreta bateram de frente e, com impacto, o carro foi arremessado, na direção ao grupo de 12 ciclistas, atingindo nove deles. Além dos bombeiros, o Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) foi acionado e conduziu feridos a hospitais de Patrocínio. 
Testemunhas no local disseram que havia muita neblina e  a batida ocorreu quando o motorista da Pálio tentou fazer uma ultrapassagem indevida e bateu de frente com a carreta bitrem, que vinha de Montes Claros, e seguia em sentido contrário. A Palio, de acordo com os bombeiros, era o veículo de apoio de romeiros e voltava de Romaria com cinco pessoas. E segundo o motorista RGA à PRF, eles saíram de Romaria às 7h e seguiam para Patos de Minas.
De acordo com o site www.patrocinioonline.com.br, os ciclistas saíram de Patrocínio às 7h da manhã rumo a Romaria. 
No local do acidente morreram Fabrício Geraldo Gonçalves Alves,  27 anos, de Lagoa Formosa, que estava na Pálio com o motorista e mais três  passageiros. E o ciclista de Patrocínio, Rubens Lucas, de 44 anos. Rubens Lucas era empresário do Setor de Café. Maria Aparecida de Souza, 55 anos, de Lagoa Formosa, que havia sido encaminhada em estado grave para o hospital de Patrocínio,  morreu na UTI na tarde do domingo, por volta das 18h.
Naquele domingo, 4, às 14h, em Romaria, em clima de dor e consternação, foi celebrada a Missa dos Ciclistas, que já constava  da programação.