Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

Polícia em Ação

Edição nº 1453 - 20 Fevereiro 2015

PC no combate ao roubo de gado no município

A Polícia Civil de Sacramento, sob o comando do delegado regional, Cezar  Felipe Colombari da Silva, e do titular da cidade, Rafael Jorge acompanhado de seus detetives, além dos lotados na depol regional estão empenhados para dar fim aos constantes roubos de gado no município. A informação foi prestada ao ET pelo próprio delegado regional, em visita à cidade nesta sexta-feira, 20, informando que dois homens, G e E foram presos como suspeitos de serem os cabeças dos crimes de furto de gado no  município. 

“- Este ano houve cinco casos no município e, no último roubo, através de investigação da Delegacia de Sacramento, conseguimos identificar os dois suspeitos de comandar a associação criminosa. G e E já estão presos e mais quatro pessoas estão sendo identificadas, com ações para prendê-las o mais tardar na próxima semana e tentar  recuperar o gado que ainda resta ou buscar uma forma de recuperar o prejuízo das vítimas”, revelou.

De acordo com o delegado Cezar, a PC continua atenta. “Já temos pessoas identificadas e monitoradas e vamos resolver essa questão para dar tranquilidade ao morador da zona rural e aos criadores de gado. O Sindicato Rural tem sido parceiro nessa ação e nossa prioridade é solucionar esse caso”, prometeu, salientando que o caso da morte do empresário Lambreta continua como prioridade da depol regional. 

 

“- O caso do Lambreta não ficou de lado, ocorre que infelizmente  houve essas questões dos furtos e roubo de gado e do triplo homicídio, cujas  pessoas são de Sacramento, agora solucionados. E vamos pegar pesado para solucionar a morte do Lambreta”, frisou.

 

Preso por desobediência 

DFF foi preso no dia 12/02, por crime de desobediência. Conforme o boletim de ocorrência, DFF que é conhecido no meio policial pela prática de trafico de drogas, foi abordado em  atitude suspeita e com uma mochila nas costas. Foi dada ordem para se posicionar com as mãos na cabeça para busca pessoal, o autor não obedeceu, resistindo ativamente à abordagem e tentou se evadir do local, mas acabou preso e conduzido  à delegacia de Policia Civil. 

 

Cigano preso por porte ilegal de arma de fogo usava documentos falsos

O cigano João Nogueira da Silva foi preso no dia 11 de fevereiro, após denúncia anônima dando conta de que ele possuía armas de fogo escondidas na parte externa da barraca onde reside e que estava portando documentos falsos, em nome de Edson Alves da Silva. 

 

João foi localizado pela PM no centro da cidade, após diversas diligências. Ao realizarem a abordagem, constataram que o documento de identificação pessoal foi expedido recentemente em nome de Edson Alves da Silva, porém João não soube informar os dados de filiação constantes no documento. Na residência do autor, a PM  localizou a certidão de nascimento de seus filhos, onde constava o nome do genitor, João Nogueira da Silva, o que foi confirmado através de consulta no Sistema INFOSEG, e localizada a foto do autor, sua verdadeira identidade e um mandado de prisão em aberto em seu nome. Realizadas buscas nas imediações da residência do autor, a PM encontrou  um revólver cal .32, marca I.N.A. nº 148913 carregado com seis munições. A arma estava enrolada num pano, com mais quatro munições do mesmo calibre. João Nogueira da Silva foi preso em flagrante delito e encaminhado à Depol de Araxá com o material apreendido.  

 

EGA leva tiros e é socorrido pela PM

EGA, 31, foi vítima de tentativa de homicídio no dia 14, na quadra de esportes do bairro Cajuru. A PM chegou ao local após denúncia anônima de que uma pessoa havia tomado um tiro.  Na quadra que estava com as luzes apagadas, a PM viu EGA com a cabeça no piso toda ensanguentada e os braços apoiados no chão, ajoelhado. Na escada da arquibancada, havia um copo de cerveja e uma grande poça de sangue, também havia sangue no piso da quadra e dois cartuchos CBC.28 de cor vermelha, um deflagrado e um intacto. 

No momento que a PM prestava socorro, a vítima disse que havia tomado um tiro do indivíduo de nome AJB e, em seguida, calou-se e foi encaminhada ao pronto socorro da Santa Casa, inconsciente, portanto, sem condições de repassar mais informações sobre o acontecido. No hospital, a PM foi informada pela equipe médica que a vítima estava com várias perfurações e seria encaminhada para um hospital em Uberaba. A PM não obteve  êxito nas buscas pelo autor dos disparos. 

Mas, na segunda-feira, dia 16, AJB, agiu novamente, agredindo fisicamente APT e, em seguida, evadiu-se pulando muros e telhados de várias residências e escondendo num matagal. Foi realizado o cerco e o autor acabou preso e conduzido à Delegacia de Araxá. 

(Fonte: 184ª CiaPM/Sgt Edna Almeida/Redação ET)8.PARECIDAS