Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

Polícia Civil prende autor do roubo da caminhonete

Edição nº 1444 - 12 Dezembro 2014

Jefferson Granella  de Jesus, 30,  mais conhecido como Dhé, um dos autores do roubo e condutor da caminhonete Nissan/Frontier , na madrugada do domingo 28/11, que culminou nas mortes de Irânia de Souza Pereria ,16,  e de Maicon Donizete dos Reis,17, foi preso na cidade de Pedregulho (SP), nessa da terça-feira 9.  

Jefferson, que já cumpria pena em regime semi aberto em Sacramento  por tráfico de drogas,  foi localizado naquela cidade envolvido em tráfico de droga, durante abordagem policial. Entregue à Polícia Civil de Sacramento, o autor foi conduzido à cidade pelo delegado  de plantão, Tiago Cruz Ferreira, e pelos investigadores, Rafael Rodrigues e Eduardo Vaz Marques,  responsáveis pela investigação.

De acordo com o delegado Tiago, dois dias após o crime, a juíza local deferiu o pedido de prisão preventiva requerido e uma foto de Jefferson  foi divulgada  no sistema integrado das  polícias das cidades vizinhas. “Na manhã dessa terça, a polícia de Pedregulho recebeu denúncia de tráfico de drogas,  seguiu para a casa denunciada e lá estava Jefferson   que, no primeiro momento, se identificou com outro nome, mas logo reconheceram que se tratava de Jefferson e que havia um mandado de prisão em aberto.  Ele cumpria pena no semi aberto em Sacramento e, um dia antes do roubo,  ele não voltou para o presídio”, informa o delegado. 

Jefferson foi ouvido pelo delegado e confessou o roubo e o acidente, conforme explica o delegado:  “Ele confessou a autoria do roubo e do acidente. Disse que convidou o Maicon, morto no local do acidente, e que  queria apenas caminhonete. Ele disse  que a intenção era abandonar as vítimas num canavial ou algum local deserto”. 

Sobre o acidente, o delegado relata que Jefferson deu uma informação nova, de que estaria sendo seguido por um Astra.  “Ele diz que um veículo chocou na traseira da caminhonete,  o que fez com que ele se chocasse com o caminhão que estava parado. Essa é uma informação nova, que será investigada, para saber se procede ou se é só para não complicá-lo ainda mais na investigação”, ressalvou Cruz.

Jefferson  foi encaminhado para o presídio de Sacramento e de acordo com o delegado,  agora é aguardar o laudo e novas diligências serão feitas para a conclusão do inquérito. Jefferson será indiciado por roubo e homicídio culposo”. 

Apresentado à imprensa, Jefferson não se deixou fotografar de frente e se negou a responder qualquer pergunta dos repórteres. “Não tenho nada a declarar”, respondia. 

 

Jefferson veio para Sacramento para o carnaval e acabou preso por tráfico

Jefferson Granella de Jesus, de acordo com o delegado Tiago Cruz, é natural de Osasco (SP) e diz que veio para Sacramento no carnaval. De acordo com o BO da prisão,  na época, Jefferson foi presos no dia 6 de março,  por volta das 20h30, numa casa na rua Treze  de Maio, com outros envolvidos TRCB, 46, TCL, 21, e MMN, 20, todos presos e enquadrados no crime de associação para o tráfico. Na casa foram encontrados 44 papelotes de cocaína, uma pedra de crack e mais  93 pedras de crack prontas para o comércio, três buchas de maconha e foram apreendidos também  seis aparelhos celular, um som automotivo e dinheiro.