Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

Presidente da Câmara inaugura novas instalações da Biblioteca ‘Dr. Felipe da Costa Venites’

Edição nº 1445 - 24 Dezembro 2014

Na noite do dia 12 de dezembro, a Câmara Municipal de Sacramento recebeu um grande público para a solenidade de entrega dos títulos e comendas, e ainda para a inauguração das novas instalações da Biblioteca ‘Dr. Felipe da Costa Venites’ e do arquivo móvel da Câmara. 

Durante a sessão, o vereador José Maria Sobrinho (PSD), que passa a presidência da Casa ao seu colega de bancada, Mateus Pereira (PR), recebeu os cumprimentos do prefeito Bruno Scalon Cordeiro e de todos os vereadores por sua atuação nas duas gestões em que esteve como presidente.

O filho do patrono da biblioteca, o advogado Juarez Ribeiro Venites, esteve presente à solenidade e agradeceu pela homenagem, lembrando a importância que o pai teve na memória do Direito e da Política em Sacramento.

“- Meu pai, talvez, tenha sido o primeiro vereador que introduziu no Parlamento de Sacramento a ideologia política. A homenagem é justa porque ela está sendo realizada no lugar certo, à pessoa certa, na atividade ou função que ele exerceu, também certa, de sorte que sem favor algum”, disse em tom emocionado, o filho do homenageado, Juarez Venites.

O descerramento da placa da inauguração da nova biblioteca foi feito pelo presidente José Maria, pelo advogado – filho do patrono – Juarez Ribeiro Venites e pelo prefeito Bruno Cordeiro. 

José Maria conseguiu um fato histórico na política municipal. Vereador por três legislaturas, sendo que a primeira vez que assumiu a cadeira de presidente foi no biênio anterior ao que deixa este mês. Vale lembrar que ele assumiu dois mandatos como presidente, consecutivos, porém em duas legislaturas. Talvez, um fato inédito na história do município.

Dentre as suas principais ações como presidente da Câmara destacam-se: a construção do anexo no Plenário “Dr. Paulo da Graça Lima”, a instalação da plataforma de acessibilidade – estas melhorias implantadas no biênio 2011-2012; e, ainda modernização do arquivo, que foi totalmente digitalizado, aquisição do arquivo móvel, novas instalações da Biblioteca “Dr. Felipe da Costa Venites” e a realização do Concurso Público para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva de cargos públicos.

Em relação às finanças, o presidente José Maria deixa o cargo, com a certeza de que procurou agir com austeridade e ciente de que a sobra do duodécimo repassada à Prefeitura iria efetivar melhorias para a cidade. A Câmara não tem nenhuma ingerência sobre o dinheiro devolvido. Totalizando os dois mandatos como presidente, José Maria devolveu mais de R$ 3 milhões aos cofres do Município, que para ele, “representa a seriedade e transparência dos atos do Poder Legislativo. O dinheiro do duodécimo pertence integralmente ao Legislativo, por direito constitucional, e poderiam ter sido gastos pela Câmara, mas entendemos que o momento de dificuldade que o País, Estados e Municípios enfrentam exige uma nova postura de todos nós, gestores públicos. A economia gerada transformou-se em benefícios para a cidade, e com certeza todos ganharam com isto”, finalizou.

Jorn. Daniel Afonso

(Assessor de Com. da CMS)