Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1777 - 07 de Maio de 2021

Câmara homenageia cidadãos

Edição nº 1130 - 30 Novembro 2008

O Salão “Dr. Paulo da Graça Lima”, na Câmara Municipal de Sacramento, na última sessão solene da atual legislatura,  tornou-se pequeno na noite de 21 de novembro, para receber os convidados que prestigiaram a entrega dos Títulos de Cidadão Honorário de Sacramento a Carlos Suavinha, Cíntia Fonseca Nunes Junqueira de Moraes, José Valêncio Alves Pereira, José Alexandre da Silva e Luciene Cristina da Cruz Felipe, pelos relevantes serviços prestados à cidade;  Comenda da Ordem do Mérito Legislativo, às artistas plásticas, Orlinda de Melo Crema, Maria Crema Mendes e Noêmia Malachias Pereira. E, também, Moção de Congratulação ao Siccob Credicoasa, na pessoa de seu presidente, Ílio Borges de Araújo. 

A memorável noite para os homenageados e seus familiares, abrilhantada pela pianista Claudia Regina Garcia Cruvinel, foi enriquecida com um vídeo sobre a vida de cada um, ressaltando a sua obra na cidade e os relevantes serviços prestados à coletividade. 

Além das homenagens do Legislativo, os agraciados  receberam homenagens de familiares e amigos, como a juíza Cíntia que recebeu o carinho da família forense, representada pela serventuária Maira  Gerolim Leone Borges.

Discursaram na cerimônia, Aristócles Borges da Mata, Papinha, vereador presidente da Câmara Municipal; vereadores Bruno Scalon Cordeiro e José Maria Sobrinho, em nome do prefeito Joaquim Rosa Pinheiro; juiz Alaor Alves Melo Júnior e Ílio Borges de Araújo, que agradeceu a honraria outorgada  ao Sicoob Credicoasa. 

 

Juíza Cíntia enaltece a terra durante agradecimento

À  neo-cidadã, Cíntia Fonseca Nunes Junqueira de Moraes, coube o agradecimento em nome de todos os agraciados com as honrarias e  foi com gáudio, que recordou o tempo em que residiu na cidade, nos idos de 1983 a 1985, destacando que  sua mãe, Dale Fonseca e Silva Nunes,  foi a primeira Promotora da cidade  e que aqui também recebeu o título de cidadã honorária. E hoje, ela, a menina dos anos 80, é também agraciada com a mesma homenagem. 

“Este é o maior título que uma cidade pode outorgar a um estranho, que foi admitido na mesma naturalidade. De hoje em diante, somos privilegiados por ostentar o título de filho como qualquer pessoa, na maior dignidade que é ser  considerado cidadão desta terra de  Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento”, disse, agradecendo também a  outorga da Comenda da Ordem do Mérito Legislativo 'Dr. Clemente Vieira de Araújo', a Maria Crema, Linda Crema e Noêmia Malachias, “artistas agraciadas por seus méritos e excelentes serviços prestados à arte e à cultura”.

Sobre o fato de ela receber o título, estando a tão pouco tempo na cidade, disse: “Quanto a mim, ainda são poucos os dias nesta comarca para receber tão grande honraria. O merecimento por certo remonta   ao tempo de carinho e afeto pela cidade e retroagem à minha infância, quando me vejo conhecendo a mágica Gruta dos Palhares, nos primeiros dias em que aqui cheguei', disse, recordando as ruas e praças, os anos na Escola Coronel, os amigos e professores que ali conquistou. 

 

Sempre com ênfase poética, a juíza Cíntia destacou ainda  diversos aspectos do município e finalizou agradecendo aos vereadores que lhes outorgaram as honrarias e aos demais pela aprovação dos projetos.