Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1777 - 07 de Maio de 2021

Autoridades avaliam eleições

Edição nº 1122 - 6 Outubro 2008

As autoridades locais, sobretudo da Justiça Eleitoral, que acompanhou de perto o processo desde o inicio, foram unânimes em afirmar que o processo eleitoral transcorreu tranqüilo na cidade, exceto por alguns excessos na noite de sábado, mas que foram contidos pela PM. Ressalte-se que a integração da Justiça Eleitoral e as polícias militar e civil garantiram a paz e a tranqüilidade no final de semana.

* Juiz Alaor Alves de Melo Júnior já conduziu três eleições na cidade e faz uma avaliação positiva. “Tudo aconteceu dentro da normalidade, tivemos apenas um incidente com os mesários que iam para a zona rural, mas não houve conseqüências maiores, felizmente. A urna foi substituída e a votação foi normal. Na cidade, apenas três urnas apresentaram problemas e foram substituídas e, com os eleitores, foram incidentes pequenos, com apenas uma prisão. As denúncias que nos chegaram foram resolvidas a contento. Foi tudo muito positivo”. Trabalhando sempre ao lado do juiz Alaor, o chefe do Cartório, Júlio Fonseca, confirmou a tranqüilidade do processo e agradeceu a todos os que trabalharam nas eleições. “Graças a Deus tudo funcionou muito bem, estamos encerrando um processo tranqüilo e expressamos a todos nossos sinceros agradecimentos”.

* Capitão Rayan Lopes, comandante da PM: “Foi na noite do sábado que o pessoal deu um pouco de trabalho e foi preciso um efetivo maior para coibir os excessos. Hoje, felizmente, foi tranqüilo e queremos que a população saiba comemorar para que tenhamos um saldo positivo”. 

* Promotor José do Egito de Castro Souza: “Foi tudo muito tranqüilo, porque numa eleição municipal normalmente os ânimos são acirrados, mas graças a Deus conseguimos conduzir da melhor forma possível desde o início. Foram poucos os incidentes que, na medida do possível, foram contornados”. 

* Delegado César Felipe Colombari, que vive a primeira eleição na cidade, também faz uma boa avaliação. “Avalio de forma positiva. A integração que foi feita entre a Justiça Eleitoral, Ministério Público e polícias civil e militar deu certo. A democracia foi plenamente realizada. Pra uma cidade do porte de Sacramento com três candidatos o pleito foi tranqüilo. E nesse momento, que é só festa, que a paz continue.”