Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

UHE realiza mais uma Semana do Meio Ambiente

Edição nº 1679 - 14 de Junho de 2019

A Usina Hidrelétrica (UHE) de Igarapava, apoiada pelos seus parceiros, as prefeituras de Sacramento, Conquista, Igarapava e Rifaina, Polícias Militar de Meio Ambiente, Sabesp, SAAE, Circuito Alta Mogiana e Uniube realizou de 3 a 7 de junho, no complexo da UHE, a 15ª Semana de Meio Ambiente, envolvendo um público formado por 1.379 visitantes, entre estudantes e professores das escolas parceiras dos municípios convidados como Delta, Araminas, Cristais Paulista e Uberaba.Com as presenças dos funcionários e colaboradores da Hidrelétrica de Igarapava e representantes das demais instituições parceiras, o evento foi aberto com uma mensagem de boas-vindas do gerente Cláudio, seguido de uma palestra proferida pela professora e escritora, Eloísa Ávilla. A manhã terminou com um coffee break e apresentação da peça teatral, “Sapo Xexeu contra a Inhaca do Meio Ambiente”, encenada pelas alunas da Instituição Vovó Querubina de Igarapava deixando aos presentes uma atenta mensagem sobre os cuidados com o meio ambiente. 

Ao longo da semana, a empresa abriu suas portas para visitas aos estandes ambientais e fechou a semana com o projeto, 'Cinema na Roça', no distrito de Jubaí, consolidando mais uma atividade do programa de Educação Ambiental, relacionado a conservação e preservação da flora e fauna no entorno da UHE de Igarapava.

Falando ao ET, Joelma destaca que nesses anos de realização do evento é possível perceber bons resultados. “A avaliação que faço é muito positiva, pois a cada ano evoluímos, com a inserção de novas temáticas ambientais e recebendo mais visitantes. Este ano, por exemplo, estaremos recebendo 1.300 alunos de várias escolas que se inscreveram dos municípios do entorno. E esse reconhecimento não é só da Usina, também das comunidades e escolas que nos visitam”, explica, destacando o apoio que essas cidades prestam aos dois principais eventos da usina, a Semana do Meio Ambiente e a Semana da Água. 

“Percebemos que esses encontros temáticos contribuem para um interesse maior de a população conhecer a Usina, nossos projetos, nossas novas práticas de coleta seletiva, de consumo de água e energia, o que não deixa de ser um reconhecimento pelo nosso trabalho”, avalia, estendendo esse resultado ao pessoal da empresa. “Nossos colaboradores estão conhecendo e levando para suas casas melhores práticas de sustentabilidade do meio ambiente, gerando, portanto, mudança de comportamento”.

Joelma finaliza ressaltando que o Programa de Educação Ambiental da UHE de Igarapava é endereçado às diversas faixas etárias. “A Educação Ambiental deve ser trabalhada em todas as idades, mas o resultado é mais efetivo com as crianças, pois é ali que visualizamos uma vontade maior de aprender e praticar”, ressalta, comparando. “O adulto ouve, entende, mas não pratica, porque não quer mudar seu comportamento. Já a criança, ela ouve, entende e põe em prática. Quando falamos, ela já está com a cabecinha trabalhando, pensando em como praticar.  Educando as crianças teremos cidadãos conscientes e transformadores no futuro”.

A primeira palestra da Semana do Meio Ambiente foi proferida pela professora e escritora, Eloísa Ávilla, que falou sobre a importância do projeto Educação Ambiental criado pela UHE de Igarapava, do qual é parceira, através do apoio cultural que recebe da empresa. Eloisa narrou aos presentes suas experiências de conscientização ecológica junto ao público infantil e adolescente. 

Sobre o livro 'Saci-pererê e a Fada da Consciência Ecológica', a autora diz que a obra faz parte do programa de Educação Ambiental, e é fruto de uma parceria com a empresa, que tem por objetivo levar às crianças nas escolas um trabalho de conscientização com oficinas de leitura e escrita dentro das salas de aula.

Para o Secretário de Meio Ambiente de Sacramento, Marinho Severino II, a Semana de Meio Ambiente promovida pela UHE Igarapava é de suma importância para a conscientização da sociedade, mas em especial para as crianças. Aqui se discutem vários assuntos, fauna, flora, resíduos sólidos, coleta seletiva, matas ciliares, através de formas dinâmicas interativas, como o teatro, cinema, livros escritos por escritores e crianças...”,

 

Projeto muda consciência das pessoas

Para o Gerente Cláudio Antônio da Silva, o resultado da Semana do Meio Ambiente na usina ao longo desses anos, vem mudando a consciência das pessoas. 

“Hoje recebemos pessoas que já estão na vida profissional e que estiveram aqui na usina nos visitando há dez anos atrás e que afirmam se lembrar de quando estiveram aqui e da mudança de consciência que tiveram. Então, é papel de todo empreendedor, de todo brasileiro, buscar este entendimento para a preservação da nossa 'casa comum'. Por isso não temos dúvidas de que ações como esta, iniciativas como estas só tendem a buscar a preservação e a valorização da vida como um todo e do planeta”.

Como geradora de energia, de acordo com o gerente Cláudio, a UHE de Igarapava está muito bem. “Estamos entrando no vigésimo ano da concessão que é de 30 anos e, graças a Deus, com o trabalho que temos buscado fazer, sem causar impactos maiores ao meio ambiente, com uma relação muito saudável com as comunidades envolvidas, nos quatro municípios, Conquista, Sacramento, Igarapava e Rifaina. 

E como todo brasileiro, estamos na busca de soluções para energia nova, tanto na conservação e uso, mas também na expectativa de o país buscar novas condições de fornecimento de energia para o povo. Hoje, o país vive uma crise hídrica muito grande de recuperação dos reservatórios, que não é o nosso caso, pois o nosso é fio d´água, mas o país ainda requer muito da energia hidráulica, por isso a necessidade da conscientização para o consumo racional de energia para podermos seguir nos caminhos do crescimento”, analisa.

Sobre a energia fotovoltaica, Cláudio revela que há um projeto piloto na usina, que alimenta o prédio da Educação Ambiental. 

“- Temos esse projeto piloto aqui, exatamente para demonstrar, para aqueles que visitam a usina, para podermos falar da importância da energia fotovoltaica, da energia eólica, enfim da energia alternativa que não traz impacto ao meio ambiente”. 

 

 

“Educação ambiental é algo que vem de berço...

Tenente Paulo Gomes (foto), da Polícia Militar Meio Ambiente de Uberaba, falando ao ET, disse que a Semana do Meio Ambiente realizada pela UHE de Igarapava vem complementar o trabalho feito pela corporação. “Zelar, cuidar do meio ambiente é dever de todos e essa semana tem um simbolismo muito grande, porque o foco é a preservação. E, a partir do momento em que a sociedade se une aos órgãos ambientais municipais e estatais com esse nobre propósito, a força será maior na questão preventiva, pois são realocados recursos que atingem uma parcela maior da população, trazendo, como consequência, um efeito muito positivo para a sociedade em geral”. 

De acordo com Ten. Paulo, a Polícia Ambiental, além do projeto Progea, programa que trabalha com crianças do 4º ano do ensino fundamental, está iniciando um novo programa de defesa e conservação do meio ambiente, denominado Cinema na Roça, que agrega um conceito de preservação ambiental muito grande.

 

Finaliza, afirmando que a sociedade tem que ser otimista em relação à preservação do meio ambiente. “Cada um fazendo a sua parcela continuada vamos atingir nossos objetivos, porque temos em mente que é muito melhor prevenir do que reprimir. Educação Ambiental é algo de berço, que tem que começar desde crianças para termos resultados na vida adulta”.