Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1737 - 24 de julho de 2020

Lero Social

Edição nº 1652 - 07 de Dezembro de 2018

FACC 2018 estimula protagonismo

Abordando o tema, 'A vida é curta, não permita que ela seja pequena', o Festival de Arte e Cultura do Coronel - FACC 2018, apresentou, na última sexta-feira 3, a culminância do projeto, no Galpão Cultural da Escola, na categoria Dublagens, julgada por um seleto júri, formado por Priscila, Petra Maria, Mônica, Débora, Bruna e Ana Ruth (foto abaixo) A exceção da arquiteta Mônica, todas ex-alunas da Escola Coronel. A ação solidária deste ano foi a arrecadação de tinta para pintar o Ginásio de Esportes da escola. Conheça os campeões:  

Tema: A vida é curta, não permita que ela seja pequena.

Desenho: Eduardo Rios (2º ano 1)

Poesia: Raiane Barbosa  Silva (3º 16/matutino)

Redação: Eloísa Manzan Florencio  (3º ano/19 matutino)

Dublagem: primeiro lugar - 2º ano 1

Ação solidária: tintas para pintura do ginásio de esportes

Dublagens - 1º lugar : Quenta Sol; 2º lugar: Jaguarinha e 3º lugar, 3º colegial 19. 

 

ANDRÉ BARRA

O presidente André Barra Bizinotto, ao lado da esposa, Odileia Zago e do filho Fábio,  participaram das cerimônias de outorga do Troféu José do Pandó e da Confraternização Anual do Sindicato dos Produtores Rurais de Sacramento, no Pacheco's Buffet, numa bonita festa, que faz jus à importante instituição que representa a classe produtora rural do município. Na sua mensagem, André cumprimentou os agraciados, pelo exemplo de trabalho realizado em suas propriedades. Agradeceu seus parceiros diretores e funcionários (fotos ao lado) e  justificou as difíceis porém necessárias decisões tomadas, justificadas pelo objetivo maior da entidade: manter forte a serviço do associado. Igualmente, agradeceu aos associados e familiares, desejando a todos sucesso e um Feliz Natal, na esperança de dias melhores. “Estou confiante que a partir de 2019 o Brasil terá um novo rumo e nós produtores rurais estaremos juntos 

nesta mudança”. 

 

AMÁLIA TEREZA 

Amália Teresa Silva 75, ainda de óculos escuros por conta da claridade, é uma das pacientes que fizeram cirurgia de catarata e comemora. “Eu não enxergava nada, só vultos e graças a Deus está uma beleza. A cirurgia valeu muito, estou enxergando muito bem. O médico e as atendentes muito simpáticos, atenciosos. Estou feliz e vou fazer o outro olho no final dessa semana”. 

Mãe de quatro filhos, Sandra, Luciana, José Luiz e Adriano, na manhã do último domingo, ela esteve no pós-operatório, acompanhada da filha Sandra, que também falou ao ET. “Graças a Deus, acabou a preocupação, o medo de uma queda ou acidente. Embora como filhos tenhamos que dar o retorno dos cuidados que recebemos quando crianças, a cirurgia nos despreocupa mais. Para mamãe foi muito bom. Estou muito satisfeita, porque a qualidade de vida de agora pra frente é outra, a independência. Ficamos agradecidos por 

essa iniciativa 

do prefeito Wesley, que também ajudou 

muito nosso pai, em outra situação semelhante ligada à saúde. Agradecemos de coração a atenção de todos, porque é um bem muito grande que estão fazendo para as pessoas”, reconheceu.