Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

Lero Social

Edição n° 1307 - 27 Abril 2012

‘‘Ser de Sacramento é ter a emoção de ver as manhãs mais claras, o sol mais límpido enchendo os nossos corações pelas belezas de nossa terra. Nós queremos,  Camila,  que você sinta isso da forma mais bonita, com alma de poeta,  com alma de pessoa que realmente gosta desta terra”.

(Prof. Berto Cerchi, na sua saudação à Camila Brait)


“Este título me possibilitou ser um pouco mais que cidadã sacramentana, pois sou agora filha das terras de Eurípedes Barsanulfo, de Lima Duarte, de padre Víctor, de Carolina Maria de Jesus, dentre tantos outros inesquecíveis”. 

(Camila, em seu discurso de agradecimento) 

 

José Alberto homenageia Gil Barreto, padre Vanin e padre Alberto 

 

O ex-prefeito José Alberto Bernardes Borges, então prefeito, quando da chegada de padre Gil à cidade em 1971, fez comovente homenagem ao amigo Gil Barreto Ribeiro pelos seus 70anos  e também aos missionários redentoristas, Pe. Alberto Pasquoto e Pe. Antônio Carlos Vanin, quando foram recepcionados no seu rancho em Jaguara, na tarde do último sábado, 21.

José Alberto entregou a cada um deles uma imagem de seu protetor, São Miguel Arcanjo, também protetor da cidade. “A amizade é a mais bela coisa que Deus deu ao homem. Quem descobre um amigo, descobre um tesouro e nós, padre Gil e eu fomos e somos  muito amigos. Eu fui eleito prefeito e ele, nomeado pároco de Sacramento. E,  iniciamos duas obras praticamente juntos. Eu iniciei a reforma da prefeitura e ele, a da matriz e nós combinávamos muito. Haja vista que o mesmo engenheiro Antonio Celso, que fez os cálculos da prefeitura, deu assistência também à reforma da igreja”, conta e destaca vários fatos da época, como a retirada das colunas, a criação das janelas. “Com as sugestões acatadas, a igreja ficou mais harmônica. Foi um trabalho muito bom na época”, diz

Reafirmando a  grande amizade que os une, José Alberto recorda: “Havia uma grande afinidade entre nós, nas ideias, nos projetos”. Sobre a amizade com padre Alberto e Vanin, também recorda: “Eu não saía do seminário, porque padre Alberto me chamou para lecionar Português, depois Moral e Cívica e aí fomos firmando uma amizade. Mais tarde veio padre Vanin como reitor do seminário. Ficamos muito amigos, inclusive da família dele. O irmão dele, doutor Francisco Vanin, que era médico,  sempre ficava em casa nas suas vindas à cidade. E assim foi com os pais, os irmãos... Foi uma grande amizade e uma alegria recebê-los no rancho depois de tanto tempo”. 

José Alberto cumprimentou o prefeito pela outorga da Comenda da Ordem de Nossa Senhora do Patrocínio do Santíssimo  Sacramento a padre Gil. “Foi muitíssimo bem lembrada esta homenagem. Parabenizo o prefeito Wesley, pois Pe. Gil realmente é uma pessoa digna para recebê-la. É a maior honraria que nossa cidade presta a alguém que trabalhou pela cidade e foi muito merecida”, disse, lembrando que a criação da Comenda completa 30 anos e que o primeiro homenageado foi padre Antônio  Borges de Souza, em 1972.

 

Matriz de Nossa Senhora do Patrocínio  ganha reforma na escadaria

 

O patamar construído junto à fachada da Igreja Matriz de Na. Sra. do Patrocínio do Santíssimo Sacramento, de onde saem duas escadas laterais, vai ganhar um guarda-corpo, também conhecido como parapeito ou balaustrada, que tem a finalidade de proteger pessoas contra quedas e acidentes. 

A informação foi dada pelo pároco, Mons. Valmir Ribeiro, junto a dois especialistas no assunto, o engenheiro responsável Marcos Matias, responsável pela reforma do telhado da Igreja no ano passado, e que fará também a reforma da Rádio Sacramento,  e o artesão em ferro fundido,  Primo Antonelli, de Uberaba. 

“- Dentro do nosso projeto de restauro de nossa Matriz, trouxemos o Sr. Primo, da Serralheria Aliança, um dos melhores profissionais em ferro fundido, na cidade de Uberaba  e o engenheiro Matias para construir um guarda-corpo em ferro fundido para dar proteção ás pessoas que usam o hall e dar mais beleza à frente do templo, uma vez que a proposta de avançar sobre a  rua tornou-se inexeqüível. Então, optamos pelo guarda-corpo, num estilo que combine com a arquitetura da igreja e, que será colocado também nas rampas de acesso nas portas laterais”, justificou.

Os jardins em torno da igreja também vão sofrer intervenção. “Estamos também trabalhando um projeto de jardinagem ao redor da matriz, que naturalmente necessita de uma proteção. Vai ficar bonito, se Deus quiser”, declarou confiante como sempre. 

Elogiando o trabalho do artesão Antonelli lembrou que são trabalhos dele os lustres e gradis da Igreja da Abadia, em Uberaba. “Seu Primo tem verdadeiras obras de arte em ferro fundido e ele está projetando as portas em metalon para as igrejas do Rosário e Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e em algumas comunidades rurais”. 

Na opinião de Primo Antonelli, o corrimão vai enriquecer a fachada da Magriz. “Será uma cosia perfeita, um gradil de segurança que vai enfeitar o lugar, vai compor a frente da igreja”, ressaltou, destacando que está no mercado com a sua arte há 63 anos.