Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1725 - 1º de Maio de 2020

Lero Social

Edição nº 1176 - 23 Outubro 2009

Eles & Elas

Com a máxima "Deus nos abençoou quando nos colocou num só caminho. Agora uniremos na lei dos homens o que Deus já uniu na lei do Amor"... Rui de Freitas Barbosa e Irene Lima comunicam o seu casamento ocorrido no dia 9, às 16h00 no cartório de Registros Civil, na vizinha cidade de Tapira. Aos recém casados, felicidades.


Chorinho Novo

Olha só quantos ' babies' chegaram nos últimos dias e estão deixando os familiares exultantes de alegria...

10, Mariane Helena, filha de Tuliane Luizia Carneiro e de Jefferson Luis Dias de Freitas. Mariane, do egípcio, 'querida, amada', Helena, do grego, 'tocha, luz'. 15, Rosana Aparecida, filha de Rosalina Aparecida da Cruz e de Alexandre Trindade dos Santos. Rosana, do Frances, 'flor graciosa', Aparecida, do latim, 'encontrada'. 16, Kendriky Kaio Luís, filho de Flaidiane Miguele de Oliveira e de Clarkson Luis da Silva Santos.  Kendriky (sem significado definido), Kaio, do latim, 'feliz, alegre', Luis, do teutônico, 'guerreiro famoso'. Ranieri Athyê, filho de Josiana Cristina Borges e de Anilvaldo Sebastião de Paula. Ranieri, do teutônico, 'conselheiro do exercito', Athyê (sem significado definido). 17, Lívia Manuela, filha de Aline Moreira Faria e de Tiago Oliveira Alves. Lívia, do latim, 'suave, clara', Manuela, do hebraico, 'Deus está nos corações dos homens puros'. 18, Daniel Luiz, filho de Ana Maria de Oliveira Mendes e de Roberto Mendes. Daniel, do hebraico, 'Deus é meu juiz', Luiz, do teutônico, 'guerreiro famoso'. 19, Maria Cecília, filha de Ana Claudia Candido e de Marcelo Antonio de Melo. Maria, do hebraico, 'senhora soberana', Cecília, do grego, 'cheia de charme'. 20, José, filho de Juliana Cristina da Silva e José Brigagão Jr. José, do hebraico, 'aquele que acrescenta algo'. Maria Clara, filha de Viviane Cristina Rodrigues de Carvalho e de Juliano Marcos Borges. Maria, do hebraico, 'senhora soberana', Clara, do latim, brilhante, ilustre'. 

 

Festa dos Baixinhos

A garotinha Bárbara completou um aninho e para comemorar a data ganhou uma beleza de festa com motivos 'Moranguinho', da ET Decorações, no dia 3. A pequena Bárbara esbanjou peraltices para a alegria da mamãe Karla Roberta Silva, familiares e amigos. 

* O dia 9 de outubro foi de festa para Sarah que comemorou os seus 9 anos, ao lado da galerinha, dos pais Suzy e Cassiano Abi Chaar (Turquinho). E a Barbie, amiga de toda menina deu o tom na festa realizada no salão de Festa do Sindicato Rural.   Familiares e amigos também foram abraçar a aniversariante. 

* Victoria comemorou seu aniversário, 9 anos, no dia 11, véspera do Dia das Crianças. A 'Festa no céu', da ET Decorações aconteceu na Igreja Quadrangular, onde Victoria foi abraçada por familiares e amigos. Mas a corujice total ficou por conta dos pais, Lenilsa de Souza e José Roberto Faria e da irmã Nicole. 

 

Maria Giulia

Maria Giulia Pedrucci, 8, ilustrando nossa coluna, é uma linda garotinha que cursa o 3º ano, no Instituto de Ensino Samaritano, em Franca. Mas, além da escola convencional, Maria Giulia estuda no Instituto Musica “Tia Rosinha” e foi pela escola de música, que ela brilhou no palco do Teatro Municipal de Franca, durante um recital, no último dia 20. Na oportunidade, Maria Giulia interpretou “Aquarela do Brasil” e no violão deu um show de violão com a música, “Nas águas verdes do mar”, do grupo Nação Maracatu Porto Rico. E quem curtiu a beça a performance da pequena, foram os pais, a odontóloga,  Marília de Almeida Costa Pedrucci e o bancário, Valério Antônio Pedrucci, e a vovó, Célia Maria de Almeida Costa (Ambleto Alves Costa). 

 

Expoarte

“A finalidade da arte é dar corpo à essência secreta das coisas, não é copiar sua aparência.”, com esse pensamento de Aristóteles, o Colégio XX de Outubro abriu, no dia 22, a mostra Expoarte, com trabalhos dos alunos, envolvendo várias técnicas coordenadas pela professora Maristela Borges Tura. A exposição, que acontece anualmente na semana subseqüente á data do aniversário da Escola, 20 de outubro, está montada no Paço Municipal, e fica aberta para visitação até o dia 30/10, das 8h00 às 17h00, de segunda a sexta-feira. 

 

VI Encontro de Poetas

A Livraria Brás Cubas realizou no sábado, 17, o VII Encontro de Poetas, abordando a maior expressão poética do modernismo português, Fernando Pessoa. A participação dos poetas e amantes das letras é cada vez mais crescente  e a novidade do Encontro ficou por conta da transmissão via web, com participação virtual de amantes da poesia, em São Paulo. “Algumas pessoas assistiram ao sarau e tivemos inclusive participação, para o próximo vamos ampliar a transmissão via web para outros lugares. Porque há muita gente querendo participar. Aqui existe uma troca, sempre há gente nova  aqui e esse circulo começa a ser ampliado via web”, explica o proprietário Marcel Ferro.

O sucesso da Livraria Brás Cubas tem sido total, não só no Encontro, mas também na comercialização de livros e na Escola de Arte. O espaço pede ampliação e, para adequar temporariamente o espaço, a livraria passará por uma reestruturação. “Vamos mexer aqui pra criar um espaço maior pra os cursos, até abrir parede e ampliar o espaço da escola”, diz Marcel. 

Livro na praça

A próxima iniciativa da Livraria é o “Livro na praça', que acontecerá no dia 8 de novembro, na praça Getúlio Vargas “vamos levar as estantes de livros na praça, as pessoas retiram o livro, sem deixar nome nem nada, leva pra casa e devolverá no próximo “Livro na praça', de dois em dois meses. As pessoas poderão doar livros se tiverem, é só levar na praça e trocar por outro”, explica Marcel, adiantando que o evento será realizado em parceria com a Câmara Municipal. No evento, além dos livros disponíveis para formar novos leitores, o evento contará a participação de contadores de histórias,  música, jogo de xadrez “será um dia de interação com a literatura e jogos”, afirma. Ferro. 

 

Saudades...

A professora aposentada Cora Afonso Bernardes, 85, faleceu no dia 19 de outubro. E deixa um profundo vazio nos corações dos filhos, netos, bisnetos, demais  familiares  e amigos e ex-alunos da Escola Dr. Afonso Pena Júnior. 

Cora Paraguaia, como era conhecida, teve uma morte serena. Passou mal no Shopping em Uberaba e, na opinião de amigos, ela morreu como viveu, serenamente. Alegre e comunicativa, Cora conquistava a todos com o seu riso largo e franco. 

Viúva de Epaminondas de Melo Bernardes, o Sabonetão dos velhos carnavais na cidade, Cora, deixa os filhos Amâncio, José Américo, José Roberto, José Antonio, Maria das Dores, Maria Aparecida, Maria Flávia, José Arthur e Maria Tereza. 

Após ser velada no velório Maurício Bontatti,  Cora foi sepultada na terça-feira, 20, no cemitério São Francisco de Assis.

Aparecida Miranda, Cida, 79, amiga de Cora desde os tempos do Grupão, fala com carinho da amiga, com quem bateu papo por telefone dois dias antes do seu falecimento. “A gente conversava muito por telefone. Toda semana, uma ligava pra outra e ficávamos conversando. Éramos  muito amigas. Trabalhamos juntas no Grupão (Escola Dr. Afonso Pena Júnior). Ela era muito alegre, adorava fazer e declamar poemas. Havia os aniversários na escola e sempre as colegas faziam uma festinha para a aniversariante. A Cora era incumbida de fazer e declamar o poema e fazia isso muito bem. Cora soube viver bem, ela morreu como viveu, tranquilamente, fazendo o que ela gostava: passear, rir, conversar...”, recordou.