Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1777 - 07 de Maio de 2021

Lero Social

Edição nº 1121 - 3 Outubro 2008

CHORINHO NOVO

Conheçam os babies que chegaram com a primavera, levando alegria aos lares e corações dos familiares, dia 20, Victor Henrique, filho de Daiany da Silva Menezes. Victor, do latim, “vencedor”,  Henrique, do teutônico “príncipe poderoso”. Douglas nasceu no dia 24 de setembro na Santa Casa de Misericórdia de Sacramento  e está derretendo os corações dos papais Eliane Maria Silva Santos e Douglas Faria Gomes e dos avós (maternos) - José Bonetti da Silva e Shirley Gonçalves Silva e (paternos) Jerônimo Gomes Neto e Edna Faria Gomes. O baby nasceu robusto e forte, com 50 cm e 3,5kg. Douglas, do gálico, “da água escura”. Vida plena e saudável para o baby e parabéns aos familiares. 25, Thamyris Cristina, filha de Maria Helena Amorim de Oliveira e de Aparecido dos Santos. Thamyris, do hebraico: “palmeira”. 26, Thamie, filha de Isabel Cristina Camilo e de Anivaldo Tadeu dos Reis. Thamie, do japonês, “charmosa, atraente”. 29, Miriã, filha de Lidiane Alves Garcia e de José Ribamar Silva Araújo. Miriã, do grego, “abundante”. Nicoly, filha de Angélica Alves da Silva Oliveira e de Anderson Viana Alves. Nicoly, do inglês, “pessoa vitoriosa”. Nathália, filha de Luciana Aparecida Borges dos Reis e de José Roberto da Silva. Nathalia, do latim, “o dia do nascimento”. Wallace, filha de Eni de Oliveira. Wallace, do anglo-saxão, “homem gaulês”.

 

CÍNTIA E CARLA MATANDO A SAUDADE DA TERRINHA

As irmãs Cíntia e Carla radicada no Japão há 13 anos, estão em Sacramento desde o dia 3 de setembro matando a saudade dos familiares, amigos e das terras do Borá. Mas, as irmãs vieram ao Brasil para uma ocasião mais que especial, o casamento da irmã caçula, Camila, no último sábado, 27. “Japoneses  valorizam muito o casamento, por isso quando comuniquei no trabalho o motivo da viagem,  a liberação veio na hora e valeu a pena”, confessou Cíntia. Dentre todos, que está radiante de felicidade são os pais Nilton e Vera Nakamura. Cíntia que reside em Yamanashi e  Carla,  em Shizuoka ficam no Brasil até o próximo dia 15.

 

FIES RECEBE INSCRIÇÕES ATÉ O DIA 19

Estão abertas até o dia 19 de outubro, as inscrições para o Financiamento Estudantil - Fies, programa que concede financiamento das mensalidades a estudantes de universidades particulares que não têm condições de arcar com esse custo. 

Atualmente são quase 500 mil estudantes cadastrados e 1.459 instituições de ensino superior credenciadas, segundo informa a Caixa Econômica Federal, que concede o financiamento. 

De acordo com o banco, são empregados R$ 4,6 bilhões em recursos federais no Fies.   Para conseguir o benefício, o universitário deverá passar por processo seletivo conduzido pelo Ministério da Educação -  MEC. Estudantes do Programa Universidade para Todos - ProUni não podem participar do Fies.

  A concessão dos benefícios seguirá uma ordem de prioridades de graduações. São considerados cursos prioritários os cursos de licenciaturas em química, física, matemática, biologia, engenharia, medicina, geologia, e cursos superiores de tecnologia.  

No ato da inscrição, o estudante poderá simular o valor do empréstimo aqui. Para os contratos firmados a partir do segundo semestre de 2006 a taxa de juros é de 6,5% ao ano e exclusivamente para os cursos de licenciatura, pedagogia, normal superior e cursos de tecnologia, a taxa de juros é de 3,5% ao ano.

 

BOSQUE DO IPÊ

O Bosque do Ipê foi inaugurado no último dia 25. A obra, executada em duas etapas, consta de pavimentação das vias marginais do córrego Borá com a execução dos 'gabiões' para contenção das margens do Borá; e a construção do bosque propriamente dito com o plantio de quatro mil mudas de árvores diversas, construção de trilha para acesso da população e quiosques para lazer. Foi promovido também o fechamento de toda a área com arame liso e vegetação, e construção de sanitários públicos na entrada. O "Bosque do Ipê" resultado de ajustamento de conduta com os órgãos ambientais, custou aos cofres públicos, segundo a Prefeitura Municipal, R$ 650 mil, sendo cerca de R$ 300 mil oriundos do governo federal e outros cerca de R$ 350 mil, contrapartida da Prefeitura.