Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº1733 - 26 de Junho de 2020

Dor e luto marcam Domingo das Mães

Edição nº 1727 - 15 de Maio de 2020

Sacramento perdeu três jovens no último domingo 10,  Dia das Mães. Foi um dia de tristeza e luto para três famílias e seus amigos. A jovem Marina Aparecida de Paula 25 morreu no pronto socorro da Santa Casa e o casal Alberto da Matta Lenza Jr 33 e Erika Indelecio Lenza 34, foi vítima de acidente fatal na MG-428, próximo do Posto do Tião da Curandeira.

Marina (foto) é filha de Maria do Desterro Gomes de Paula e Wilmar Rosa de Paula. Seu corpo foi encaminhado ao IML de Araxá como morte suspeita e foi sepultado na tarde do domingo no histórico cemitério do povoado do Desemboque, após exéquias na Igreja Matriz de Na. Sra. do Desterro. Alberto Jr é filho de Lisiane Meireles Sarmento Lenza e de Alberto da Matta Lenza; e Erika, filha de Maria Aparecida Indelécio Santana e de José Carlos Santana. Seus corpos foram sepultados na segunda-feira 11, às 14h, no Cemitério São Francisco de Assis, após orações proferidas por familiares, Lívia e Lindaura Sarmento, e Arinaldo Paiva.


Trágico acidente tira vidas de jovem casal

O jovem casal Alberto da Matta Lenza Jr., 33 Erika Indelecio Lenza, 34 anos, morreram vítimas de  acidente, na MG-428, entre o Posto do Tião Curandeira e o trevo de acesso a Sacramento, por volta das 17h do domingo 10.  Alberto e Erika trafegavam pela rodovia sentido trevo, quando foram atingidos de frente por um Honda/Fit, conduzido por Frederico Augusto Montandon Lima 32, jogando o Fiat Uno do casal para fora da pista. O veículo capotou e parou com as rodas para cima.  O socorro médico e ambulância estiveram no local e constataram o óbito do casal. De acordo com familiares, o casal levava no carro dois cães, um morreu no local.

O motorista do Honda/Fit foi socorrido e encaminhado ao pronto socorro da Santa Casa, onde, conforme o Boletim de Ocorrência (BO), foram constatadas fratura na clavícula e no tornozelo e escoriações pelo corpo.  

À PM, Frederico relatou que seguia sentido Araxá, quando percebeu que na curva, repentinamente, o veículo derrapou na pista e não recordou mais o que aconteceu, pois perdeu a consciência, recobrando só quando estava sendo removido do veículo para a faixa de domínio. Foi realizado o teste do etilômetro que deu negativo (0,00mg/l). Frederico foi transferido para sua cidade, Araxá. 

Compareceram ao local o perito Tiago Silva de Oliveira e o auxiliar Hudson Fiuza Lemos que realizaram os trabalhos de praxe e os corpos foram removidos para o IML de Araxá. 

Comentou-se pelas redes sociais que um bag de batatas havia caído de um caminhão e teria sido a causa da derrapagem do Honda, conforme mostra uma das fotos, no acostamento. No entanto, o BO não consta a  referência, apenas “material na pista”, no campo, “Dinâmica do acidente”, sem especificação. 

 

Homens agridem, esfaqueiam idoso e fogem

O produtor rural IHP, de 77 anos, foi agredido com duas facadas durante um roubo na fazenda Santa Bárbara (região do povoado da Santa Bárbara) às 3h da madrugada do domingo 10. Os autores foram presos na estrada antes mesmo de a polícia chegar ao local. 

A PM seguia para a fazenda Santa Bárbara acompanhada por SHP que comunicou o roubo e conhece a região, quando, na MG-464, a viatura foi parada por um veículo Parati, conduzido por RAP,  que trazia  o pai, IHP que perdia muito sangue devido às facadas. A PM retomou o caminho para   zona rural e poucos metros à frente, em meio à poeira, viu duas pessoas   caminhando na rodovia sentido cidade. 

Conforme o BO, no momento em que a poeira baixou, os dois homens VEF e LLC, ficaram sem reação ao verem a viatura policial e serem abordados. Na busca pessoal, a PM encontrou com V uma munição calibre 28 intacta e com L, R$ 308,75. V disse que ambos estavam capinando para R no Quenta Sol, que teriam ido num VW Golf preto e tinham se perdido no caminho. Versão que foi confirmada por L. Seguindo pela rodovia rural, antes da estrada de acesso   ao povoado a PM se deparou com o Fiat Strada prata com a  chave na ignição. 

Na fazenda Santa Bárbara, a ação dos autores foi confirmada pelas vítimas, que os reconheceram pelas fotos. Familiares de IHP relataram que ele fazia café, quando os indivíduos chegaram. A esposa LVP 77 e o filho RAP acordaram com o barulho e pedidos de socorro. O filho correu cerca de 3 km em busca de socorro, uma vez que o pai estava ferido, quando retornou com ajuda os autores haviam fugido levando uma espingarda .32 (que foi localizada no ponto onde a PM encontrou os indivíduos na estrada); dinheiro, talão de cheque e o Fiat Strada que foram também recuperados. 

Ainda de acordo com o BO, inicialmente, os autores teriam tentado fugir numa D10, mas a abandonaram depois de baterem numa cerca e derrubar uma parede, só então pegaram o Fiat. A faca usada para golpear a vítima, foi localizada na garagem. 

O VW Golf preto citado pelos autores foi visto numa estrada de acesso ao Quenta Sol, mas evadiu-se ao visualizar a viatura. Conforme o BO, não foi possível falar com IHP, que se encontrava no bloco cirúrgico passando por drenagem no pulmão que foi perfurado.