Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1737 - 24 de julho de 2020

rETrospecto

Edição nº 1736 - 24 de Julho de 2020

CORRIDA ELEITORAL

 

Janete Santana (Janete do PT) é a mais uma pré-candidata a prefeita de Sacramento e o seu anúncio já circula nas redes sociais. Agora  o placar está 3x3, do lado feminino, Janete Santana (PT), Joana Faria (DEM) e Tânia Moreno (PSB) e do lado masculino, Amir Salomão Jacob (PSL), Baguá (MDB) e Leandro Desemboque (DEM). 

 

ET CORREÇÕES

 

Erradamente, publicamos na matéria, 'Kiko Bonfim deixa diretorias de entidades e lança pré canditura a vereador pelo PV', veiculada na página 9 da última edição. Na verdade, como corretamente grafamos no texto da matéria, o partido pelo qual o empresário lança sua pré-candidatura é o PP e não PV. Pedimos desculpas ao empresário e aos leitores.  

 

CARTA À REDAÇÃO

 

Boa tarde Sra. Aymê.

Deus nos abençoe.

Acabei de receber a edição do jornal  de 26/06/20, e deparei na página 9, artigo elaborado pelo jornal entrevistando responsáveis das Instituições religiosas de Sacramento, com relação a como estão vivenciando o dia a dia face as dificuldades causadas pela Pandemia, em que cada um faz o seu comentário. E vejo, mais uma vez, que, infelizmente, algo ocorre com os redatores e responsáveis pelas matérias, pois sempre se esquecem de nós, isto porque, nossa casinha ao longo de muitos anos tem sido “esquecida” naquilo que vem realizando há mais de 27 anos.

Dentro do nosso trabalho, além da Evangelização que se aproxima de 180 crianças/jovens, entregamos em média mais 500 cestas no decorrer do ano, sendo que, já chegamos a distribuir em alguns anos mais de 1000, ressaltando que, durante o ano, procuramos auxiliar as outras instituições de Sacramento, como poderá ser comprovado junto de seus dirigentes, independentemente de seus credos, pois entendemos que a caridade não tem religião, além do que, temos atendimento odontológico, distribuição de medicamentos e uma grande doação de roupas cobertores etc.

Tudo isto é realizado através dos nossos próprios recursos, pois por critérios meus, nossa instituição não promove rifas, bingos, bazar, vendas de livros, pizzas etc. Saliento que não fazemos isto para sermos notados, nem elogiados, razão pela qual, entendo que nossa casinha que tanto auxílio presta a todos, também poderia pelo menos ser consultada se desejaríamos ou não participar dessas entrevistas, pois assim nossos assistidos e frequentadores também ficariam sabendo de como estaríamos procedente neste momento de reflexão que o Alto está nos convidando. 

Enfim... foi somente um desabafo.

Obrigado por sua compreensão.

Abraços fraternos.

Paz.                           José Antônio Bornato Borges