Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1777 - 07 de Maio de 2021

Desaparece álbum de fotos do Desemboque

Edição n° 1269 - 05 Agosto 2011

O ex-prefeito José Alberto Bernardes Borges está a procura de um álbum fotográfico que contém dezenas de fotos do patrimônio histórico e artístico do Desemboque, que não foi encontrado em sua biblioteca. Na verdade, José Alberto não sabe se emprestou o álbum para alguém ou o esqueceu em algum lugar. Em entrevista a este jornal, o ex-prefeito contou toda a história, fazendo um grande apelo para quem souber do paradeiro desse álbum, fazer a gentileza de entrar em contato pelo telefone 3351-1215. 

Às suas expensas, no seu último mandato como prefeito da cidade, pediu ao então engenheiro da Prefeitura, Ronaldo Oliveira, que fotografasse todo o patrimônio do Desemboque, em especial o acervo e detalhes das duas igrejas históricas do povoado, antes de uma intervenção que seu governo faria, empregando recursos do próprio município. A obra, iniciada em 1991, terminou no final do ano seguinte. 

Ainda no tempo da câmara analógica, o engenheiro usou alguns filmes para registrar tudo o que viu antes e depois das reformas implementadas, cobrindo também no dia da inauguração, toda a festa e movimentação ocorrida no povoado. 

Cuidadosamente, a Profa. Marilea Maluf Ribeiro, num gesto de amizade e carinho para com o então prefeito, selecionou as melhores imagens colhidas, com ampla visão de como eram as igrejas antes das reformas e como ficaram após as restaurações, e montou um riquíssimo álbum, que foi entregue a José Alberto. 

“- Além das fotos, a Profa. Marilea, organizou toda a documentação levantada pelo IEPHA – Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico – de Minas Gerais, sobre aquele acervo histórico e as intervenções que seriam feitas, tudo seguido, minuciosamente a risca, pelos nossos pedreiros e carpinteiros”, disse o prefeito.

José Alberto justifica o apelo que faz, informando que recebeu esta semana um pedido do governo de Minas, solicitando as fotos da restauração feita naquele ano. “Cansamos de procurar o álbum em casa e não o encontramos. Eu me lembro que emprestei esse álbum para alguém, mas também não me lembro para quem. E o apelo que faço é este: Se alguém estiver com esse álbum, peço encarecidamente, que entre em contato comigo. E que fique bem claro, não estou acusando ninguém. Às vezes, por descuido, o álbum pode estar guardado em algum lugar. E caso o encontrem, por favor, me avisem. Agradeço de coração” – disse.