Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

É Natal!

Edição nº 1445 - 24 Dezembro 2014

Menino Jesus que se fez presença entre nós.

Que está nas flores, no canto dos pássaros,

na paciência, na compaixão, no carinho

e no gesto de perdão.

 

Menino Jesus que está em nosso coração

e naqueles que nos amam e nos cativam, 

naqueles que caminham conosco 

e os que já partiram vivem Nele.

 

Menino Jesus, santificado seja o seu nome 

por  tudo  que é belo, justo, gracioso e harmonioso.

Louvores lhe damos por nossa vida, pelo que somos, 

pelo que temos e pela busca da perfeição.

 

Menino Jesus, traga até nós o seu reino de paz

e justiça, de fé e caridade, de luz e amor.

E seja feita sua vontade, ainda que nossas rogativas 

prezem mais nosso orgulho do que nossas necessidades.

 

Menino Jesus, dê-nos o pão nosso de cada dia, 

a fim de podermos dividi-lo entre nossos irmãos.

O pão do corpo e da alma, que é vida, verdade e luz.

O pão que nos traz alento e alegria através do Santo Evangelho.

 

Menino Jesus, perdoe nossas ofensas, 

nossos erros e a frieza do nosso coração.

Que saibamos mais ouvir do que falar,

 mais semear a paz do que cultivar a violência.

 

Menino Jesus, perdoe-nos, assim como devemos 

perdoar aqueles que nos têm ofendido, 

mesmo quando nosso coração esteja ferido 

pelas amarguras e dissabores da ingratidão.

 

Menino Jesus, que neste Natal lembremos

que nenhuma mágoa é eterna e que 

o único caminho que nos torna sublimes

é a humilde estrada da reconciliação.

 

Menino Jesus, não nos deixe cair nas tentações,

sobretudo dos erros, vícios e egoísmo 

que nos tornam escravos de nossa malevolência, 

para que sua luz esteja sobre nós.

 

Menino Jesus, livra-nos de todo  mal,

de toda violência e de toda enfermidade.

Livra-nos também de toda dor,

de toda mágoa e de toda desilusão.

 

Menino Jesus, ainda assim, 

quando tais dificuldades se fizerem necessárias, 

que tenhamos força e coragem de dizer: 

Obrigada, por mais um NATAL!

 

FELIZ NATAL!

 

(*) Dra. Ivone Regina

Conselheira Seccional da OAB-MG