Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

Retrospecto

Edição nº 1458 - 27 Março 2015

PREFEITO MOSTRA TRABALHO NA EDUCAÇÃO

No discurso proferido na inauguração do Samba Viva! Sacramento, na manhã do último sábado 21, o prefeito Bruno Cordeiro falou da importância que tem nado na Educação em seu governo, apontando os seguintes dados:
“Nessa última semana entregamos mais de 400 diplomas para concluintes de cursos técnicos, como recepcionista de hotel, administração, manicure, pedicure...  Hoje, nas nossas escolas municipais temos 2.000 alunos... Temos 12 ônibus transportando gratuitamente os universitários, que têm convênio com sete universidades com descontos de 40%, uma mensalidade que em média sai por R$ 360,00. Passamos para R$ 550,00 o valor pago aos estagiários da Prefeitura; então, quem faz estágio conosco vai estudar e ainda sobra dinheiro...” afirmou. 
ELABORAÇÃO DO PMDRS

Técnicos da Emater estiveram  em reunião com os moradores as comunidades rurais de Pinheiros, Jaguarinha, Divisa, Desemboque, Quenta Sol, Soberbo, Sete Voltas, e Gameleira, para a  capacitação para elaboração do Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (PMDRS).  Nas reuniões, orientações sobre  os problemas do homem do campo, suas necessidades e as soluções que o poder público e a sociedade civil podem, juntos e organizados, criar para uma melhor qualidade de vida.  
Para o secretário de Agricultura e Pecuária, Joaquim Rosa Pinheiro, o município tem  que traçar esse plano de ação, e buscar parcerias. “Somente assim iremos fortalecer ainda mais o setor”. As reuniões seguem nos dias 30, 31 de março, 1º e 6 de abril, quando acontece a reunião ordinária do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS).
Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura, a partir daí, o plano instruirá o Projeto de Lei do PMDRS, que seguirá para a Câmara Municipal de Sacramento para votação.
CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS
A Secretaria de Educação inovou e lançou esta semana o projeto “Contadores de Estórias Encantadas”, que na verdade é um resgate da arte de contar histórias. O projeto envolverá alunos desde a educação infantil até o 5º ano do Ensino Fundamental de cinco escolas. 
De acordo com a secretária Joana da Graça Gonçalves e Faria, cerca de 100 educadores das escolas municipais estão participando dos trabalhos. “Organizamos um ambiente literário, com cartazes, painéis, para propiciar  um ambiente atraente. Foi muita criatividade, inclusive muitos educadores incorporaram alguns personagens das estórias, por exemplo,  de Monteiro Lobato”, elogia.