Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1777 - 07 de Maio de 2021

Prof. Dimas lança mais um livro

Edição nº 1462 - 24 Abril 2015

O escritor Dimas da Cruz Oliveira acaba de lançar mais um livro, “Nas pegadas de Einstein: teoria e pensamento, desvendando a Teoria da Relatividade”, pela editora Discovery Publicações, de São Paulo. 

A nova obra do também professor conquistense, em princípio, surpreendeu os amigos mais chegados e sabedores de que Dimas é amante das letras e que nunca estudou Física. 

“- Einstein é uma personalidade admirável e que desperta nosso interesse pelas suas múltiplas facetas, a sua visão de mundo e pela influência  na nossa maneira de encarar as coisas, o universo, a constituição do mundo em que vivemos e a  própria sociedade”.

O que mais causa admiração em Einstein – segundo o escritor - é o fato de ele ter trabalhado num terreno que era considerado na sua época como esgotado, que é a Física. “Ele chega com descobertas inacreditáveis no campo da Física, sem contar a Teoria da Relatividade. Além disso, ele nos serve como lição de vida, por ter lutado com tantas dificuldades e superado tudo. Einstein teve de lutar pela sua sobrevivência, porque teve de esperar muito para ser reconhecido e ter apoio. Essa força de vontade aliada à sua inteligência extraordinária me despertou interesse”, reconhece Dimas.

 De acordo com o escritor, o livro é uma visão abreviada da carreira do físico. E completa, afirmando que “Einstein continua atual pelo fanatismo, intolerância e incompreensão histórica que o mundo vive”. 

Dimas justifica ainda que o epíteto 'gênio' é aplicado a Albert Einstein por todos  a menor menção de seu nome. “Entre todos os grandes sábios da história, nenhum foi, enquanto personalidade, tão conhecido. Muito provavelmente também porque ele viveu um período  relativamente recente, e sua imagem multiplicada em todos os meios de comunicação é tão comum que virou um ícone da sabedoria, da genialidade”. 

O livro, 'Na Pegadas de Einstein' investiga o homem por trás do mito, o Albert menino e adolescente que foi, cujo brilho precoce só se manifestava no seu gosto por matemática e  na leitura de filósofos como Kant e Ernest  Mach. “Fora isso - destaca o escritor - curiosamente, a genialidade de Einstein foi despertando lentamente, enquanto ele chegava à maturidade”. Nas Pegadas de Einstein, também, lança olhares para todas as fases da vida do cientista, suas idiossincrasias, seu pacifismo, suas discretas relações pessoais na vida comum que preferiu levar.

Dimas da Cruz Oliveira é membro da Academia de Letras do Triângulo Mineiro, autor dos livros, 'Tagebuch' (em alemão), 'Galileu', 'Nicomedes', 'Carmina Prima', conjunto de poesias em latim dedicadas ao Papa Bento XVI , ensaios filosóficos e, agora, ' ‘Nas Pegadas de Einstein’.