Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

OAB homenageia Mulheres

Edição nº 1459 - 03 Abril 2015

Noite de festa promovida pela 116ª Subseção da OAB/Sacramento, no sábado 28 para a outorga do Troféu OAB Mulher 2015 a seis personalidades femininas: as advogadas Anita Zonichenn, representada por Luzia Cecília da Costa Miranda; Juliana Batista Silva, Suely Maria Jacob, Maria Beatriz Martins e Michelle Name Santos Brigagão e Florípedes Batista Silva (Nena), representando as mulheres sacramentanas.

Ao abrir a sessão, o presidente da OAB local, José Rosa Camilo, ressaltou sua alegria ao presidir a solenidade tão rica de importância e significado. “É uma alegria, para todos nós neste dia, homenagear a mulher sacramentana, ligada às atividades jurídicas e não jurídicas, numa homenagem que se estende dessa forma a toda sociedade”, ressaltou. 

Disse o presidente que a mulher se faz modesta dentro de sua sabedoria e capacidade. “A mulher que em sua sabedoria e capacidade se faz modesta; do alto da sua cultura, sabe silenciar-se, não para dar razão aos seres masculinos, mas para não entrar em choque, não criar conflitos. É uma sabedoria ímpar a da mulher”, elogiou o presidente, destacando a valorização da mulher nos tempos atuais. 

Pra José Rosa, a mulher é cada vez mais valorizada e colocada por seus méritos numa posição de destaque. Citando a presidenta Dilma Roussef, ressaltou o fato de uma mulher ocupar o cargo de mandatária da nação. “Essa é uma representação de valor que a mulher brasileira alcançou no seio da sociedade em que vivemos. Em Sacramento, conseguimos vez ou outra colocar mulheres no Legislativo, sendo a  primeira delas, Dora Cerchi, e outras se seguiram...”, disse, reconhecendo que a mulher ainda tem muito espaço a conquistar na nossa sociedade. 

A noite de homenagens foi prestigiada por ilustres autoridades, além da diretoria da OAB local, advogados e familiares das homenageadas, destaque para as presenças das autoridades, Helena Delamônica, Secretária Geral da OAB/MG; Ivone Regina Silva, Conselheira Seccional da OAB/MG; José do Egito de Castro Souza, Promotor da Comarca;  vereadores Pedro Teodoro Rodrigues de Rezende e Cleber Rosa da Cunha e os conselheiros seccionais da OAB/MG, Helder Batista Dornifeld Silva Fidélis, Márcio Scarpellini e João Jorge Filho, a advogada Geisa Pacheco, dentre outras. 


‘‘Este é um momento de reconhecimento e valorização das mulheres...”

A Helena Delamônica, Secretária Geral da OAB/MG, coube o encerramento da noite de homenagens. “Este é um momento de reconhecimento e valorização das mulheres, cada uma no seu segmento, dando a sua contribuição para o engrandecimento da sociedade e valorização da mulher, por isso a minha mensagem é do coração, de agradecimento pelo reconhecimento da OAB de Sacramento à mulher”, afirma.

Destacando a realidade da mulher no país, afirmou a advogada que “a mulher já conquistou muito, mas ainda há muito que em vários setores e exemplifico com a nossa  OAB, onde somos metade dos associados pagando anuidade, contribuindo com a receita da Ordem e não temos assento. Ou seja, nós pagamos a conta, mas não sentamos à mesa para participar das discussões, das decisões’’.

Prosseguindo, afirmou: ‘‘Além disso,  quando se trata da concurso, as mulheres ocupam os primeiros lugares, mas quando se trata da ascensão    por mérito, entra o corporativismo masculino que faz com que os homens seja privilegiados. Por isso digo que temos que fazer uma reavaliação, uma reflexão muito grande para corrigir essas distorções não só em Minas mas no país de modo geral’’. 

De acordo com Delamônica, nos 27 estados só houve uma mulher como presidente de seccional, Estefânia Viveiros, presidente da OAB/DF. ‘‘Há tempos não temos mais. Em  Minas Gerais, somos 140 conselheiros, apenas 17 são mulheres, mas felizmente conseguimos a cota de gênero de 30%. Estou como Vice- Presidente da Comissão Nacional da Mulher Advogada e conseguimos essa cota. 

 

Infelizmente temos que ir à luta e exigir medidas que abram o espaço para a mulher, não só na OAB, mas em todos os setores, lembrando que o nosso papel não  é confrontacionista, mas de compartilhamento, de caminhar juntos”, conclamou. 


São Mulheres que escrevem a sua história...

À conselheira seccional e coordenadora da Escola Superior de Advocacia, Ivone Regina Silva, coube a homenagem e apresentação das mulheres agraciadas com o Troféu OAB Mulher 2015, destacando seus feitos, feminilidade, sonhos e anseios. 

“- Inúmeras mulheres na história brasileira lideraram movimentos que resultaram em conquistas muito importantes para a sociedade. Mulheres que são, ainda hoje, lembradas e admiradas, pela força e determinação e outras que mesmo tendo ficado no anonimato, com o passar dos anos contribuíram  para vitórias no universo feminino”, disse e destacou os desafios a serem enfrentados: 

 

“- A mulher se encontra nos dias de hoje, diante de grandes desafios. Sem perder seus papeis tradicionais de gerente do lar, educadora e de apoio ao marido, ela se viu, de repente, lançada num mundo globalizado, tendo que trabalhar fora e progredir intelectualmente”, afirmou, resumindo a biografia das homenageadas (Veja na página de homenagem da OAB).