Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

Folias de Reis da cidade perdem dois capitães

Edição nº 1471 - 26 Junho 2015

Familiares e folias de Santos Reis de Sacramento estão de luto pela morte de dois grandes capitães, ocorrida essa semana. Emenegildo Bárbara da Silva, mais conhecido como Minigide 86 morreu na tarde do dia 23 e, na manhã seguinte, Luiz de Oliveira, mais conhecido como Luiz Folião, aos 80 anos. Foram velados por familiares e amigos e inúmeros companheiros da cantoria em louvor aos Três Reis. O corpo de Ermenegildo foi coberto pela bandeira usada nas caminhadas e Luiz, além de vestir a camisa com a estampa do santo de sua devoção, foi sepultado com a toalha que durante muitos anos usou nas cantorias do Reizado.

 Emenegildo, viúvo de Nilza Maria de Jesus, foi sepultado  às 12h30 da quarta-feira 24 deixa um filho e dois netos.  Luiz Folião, sepultado às 18h, era casado com Antônia Jerônima de Oliveira, deixa nove filhos, genros, noras e netos. 

 Para José do Carmo Martins, um dos mais tradicionais capitães de folias de Reis na cidade, os companheiros se foram, mas não é uma perda, porque o que vai para Deus não está perdido. “Na minha ideia, não perdemos nenhum, porque um dia vamos nos encontrar no reino da glória eterna. O que está com Deus, não está perdido. Ele chamou foi porque venceram a caminhada, na fé, no amor, vivendo bem uns com os outros. E Deus mesmo disse: “Quem crê em mim não morrerá, viverá para a eternidade”. É nisso que acredito e um dia vamos nos encontrar.  Eles não vão cantar mais aqui com a gente, mas vão cantar no céu, onde estão muitos outros que já se foram. Eles devem estar lá, todos alegres pra receber os companheiros que estão chegando...”, afirma, dando uma lição de vida e de fé.