Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

Festa do 1º de Maio movimenta cidade

Edição nº 1464 - 08 Maio 2015

As comemorações oficiais do 1º de Maio, Dia Internacional do Trabalhador, começaram às 5h da manhã com alvorada de fogos,  no centro da cidade. Saindo da praça do Perpétuo Socorro, às 10h, a tradicional Cavalgada do 1º de Maio ganhou as ruas da cidade com 825 cavaleiros, dez bois de carro puxando dois carros e cinco bois montados, movimentou especialmente a praça Dr. Valadares (Rosário) e toda a avenida Benedito Valadares, com tendas e barracas montadas pelo público. Após a bênção dos cavaleiros em frente à Basílica do Santísssimo Sacramento, a cavalgada seguiu até o Parque de Exposição Hugo Rodrigues da Cunha, que permaneceu movimentado com atrações até às 22h00.

Paralela aos festejos oficiais, a comunidade espírita celebrou também a tradicional data que marca o aniversário de seu principal líder na cidade, Eurípedes Barsanulfo, que nasceu no dia 1º de maio de 1880. Mais de 400 pessoas da cidade, entre eles, parentes de Eurípedes, e visitantes de diversas regiões do país participaram da Hora da Saudade, às 7h da manhã, no Colégio Allan Kardec, fundado por Eurípedes. A partir das 9h, na Escola Eurípedes Barsanulfo, auditório com a celebração dos 40 anos daquele educandário (veja reportagem nesta edição). 

O tradicional Culto das 9h, também criado a pedido do médium espírita, realizado na chácara Triângulo, da saudosa Heigorina Cunha, continua trazendo à cidade várias caravanas de turistas, que tiveram também encontro e culto às 14h no Colégio Allan Kardec. A programação prosseguiu à noite com palestra proferida por Rodrigo Bassi e, no sábado, Seminário de Evangelização de Espíritos, encerrando-se à noite com a participação dos alunos da Escola Eurípedes Barsanulfo e Mocidade Espírita de Sacrramento (veja na pag 18).

O dia 1º foi marcado também com o início da novena e abertura oficial da Festa de Na. Sra. do Perpétuo Socorro, padroeira do bairro. Desde o início dos anos 70, quando a Igreja foi construída pelo então pároco, Pe. Gil Barreto Ribeiro, a tradicional festa movimenta o bairro com celebrações eucarísticas e festa social com as também tradicionais barracas. 

 

Cavalgada reúne 825 cavaleiros e amazonas 

A tradicional cavalgada saiu da praça Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, com cerca de 825 cavaleiros e amazonas, acompanhando o carro batedor da PM, seguido do carro andor com as imagens de São José Operário, padroeiro dos trabalhadores,  e de Na. Sra. Aparecida, padroeira do Brasil. Logo após, o desfile prosseguia com uma pick-up transportando as três belíssimas modelos eleitas para a Festa do 1º de Maio 2015: Giovana de Oliveira Braceloti (rainha); Mariana Pinhal Nunes (princesa) e Thayne Rívia da Mota (miss simpatia).  

Após percorreram as ruas centrais, a cavalgada passou pela porta da Basílica do Santíssimo Sacramento para a bênção e dali, para o parque de exposições para o almoço nas barracas das entidades, show, DJ e trio Elétrico, até às 22h.

Carlo Myranon Borges de Oliveira, Manata, mais uma vez à frente da organização da  Cavalgada. “É uma coisa que a gente gosta de fazer, está no sangue e a cada convite para organização é uma alegria, nossa expectativa é grande a cada ano e sempre pensamos em fazer o melhor, mas infelizmente muita coisa foge à nossa responsabilidade, como por exemplo, o maltrato aos animais, fora isso tudo corre bem e o importante é que a tradição é mantida”.  Também na organização da Cavalgada, os secretários, Adriano Magnabosco (Cultura e Turismo) e Joaquim Rosa Pinheiro (Agricultura e Pecuária) e funcionários da prefeitura. 

Destaque para as comitivas uniformizadas, que deram um brilho muito grande  à Cavalgada: Haras Zandonaide, Ninguém sabe ninguém viu, Haras Marques da Costa, Vitorinos, Fazenda Santa Cecília, Desemboque, Os Independentes, Os Muladereiros, Haras Rio Grande Campolina, Cachaça P.O., Chico Pinga, Haras Certo, Clube do cavalo, Para Tudo.