Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

De olho na rede

Edição nº 1452 - 13 Fevereiro 2015

É TEMPO DE DIZER BASTA

Tamara Recidivi: Quero fazer um convite: vamos todos publicar esta imagem aqui no face e começar por aí a cobrar o que nos foi prometido em campanha? Eu já fiz. Acho um bom começo de uma manifestação justa! Depois é só nos levantarmos das nossas cadeiras e irmos às ruas, para a porta da Prefeitura e tomar de volta nossa cidade! Vamos?

Roberto Silva: Por uma Sacramento melhor, chega de impunidade. 

Scheilla Mendonça Kassabian Felix: Saudades de deixar a porta da sala aberta em dias de calor, passear a noite pelas ruas, sentar com os vizinhos na esquina de casa. Saudades das coisas mais simples e que não custam nada, que o dinheiro não compra. Saudades da minha cidade!! Saudades de SACRAMENTO!!!

Oswaldo Vasquez Bruno: A falta de liberdade gera criminalidade e violência. Liberdade um direito, um bem, um estado de vida. Mas a “liberdade conquistada por uma geração não é herdada pela nova geração. Cada geração deve lutar para conquistar e ou manter a liberdade.” (Ronald Regan). Hoje no Brasil não temos liberdade para trabalharmos, e produzir tranquilamente. Estamos à mercê de criminosos. Não temos liberdade em nossas casas. Muros altos, cercar elétricas, de arame farpado, monitoramentos... Há lugares na cidade em que não se pode ir a certas horas. O bairro, as ruas,  a cidade não é da população ordeira. (...).

 

Leonina Catani: Estou junto na luta, conte comigo sempre.

 

CAMINHADA PELA PAZ

Adriana Alves publicou vídeo da caminhada com as palavras: Linda iniciativa é bem por ai que se começa uma grande e linda Batalha contra algo assustador a violência.Vamos divulgar a importância que é exercer nossos direitos, a educação, a segurança. Sabemos que não é fácil, mas não é impossível. Não precisamos só esperar,  se podemos fazer algo. Adorei as palavras do Saulim e suas ideias, podemos colocá-las em prática. Estou disposta a ajudar de alguma maneira, pois como já havia dito, do pouco se faz o muito, vamos fazer a diferença... Foi realmente intensa essa caminhada, no sentido de darmos um basta a tudo isso que vem acontecendo de trágico na cidade. Isso foi um grito de socorro. Estamos pedindo aos nossos representantes que se compadeçam e nos ajudem a tornar Sacramento, uma cidade de paz, onde as crianças possam brincar sem tanto perigo, onde possamos sentar numa praça sem medo de sermos vítimas de algo ruim... 

Vanina Wetzel compartilhou foto de Fred Crema: Hoje a passeata da PAZ foi linda, caminhando por um futuro melhor, mais qualidade de vida, mais gentileza, mais amor, mais paz.

Maria Cristina Fornazier: Parabéns a vocês que fizeram esse ato acontecer. Deveria ser assim em todo Brasil.

Zêina Veranilce Borges Oliveira Mariano:   A todos que saíram do seu conforto e compareceram, muito obrigada! Aos que não puderam, não quiseram e se omitiram, perderam uma oportunidade valiosa de demonstrar seu descontentamento com o caos instalado no Brasil e por consequência do efeito dominó que chegou a Sacramento também. Na Suécia, fecharam quatro presídios por falta de detentos. É o resultado de investimentos sólidos nas políticas públicas sociais, que são mínimas no Brasil por causa da má administração e corrupção. Portanto, na hora de votar avalie bem sua escolha porque as consequências do seu voto são para todos! 

 

João Da Matta postou  mensagem: “Se todos nós dermos as mãos, que sacará as armas?” (Bob Marley)

 

SEGURANÇA NA PORTA DAS ESCOLAS

Wilson Rocha: Gostaria de saber se ainda tem a GUARDA MUNICIPAL em Sacramento, porque nas portas das escolas nos horários de entrada e saída dos alunos, estão permanecendo umas pessoas ali que não fazem parte da turma de alunos. O que será que estão fazendo ali na porta? E tenho percebido principalmente na escola "Coronel". Já acionei a PM por duas vezes, porém na segunda vez não puderam ir porque as viaturas estavam empenhadas em outras ações (compreensível). Minha filha estuda lá e não quero deixá-la a mercê de desocupados!

Luciana Alves Batista: Vou reparar também na porta da escola da minha filha. Flaviany Porto:  Na porta da Escola Sinhana Borges a coisa tá feia.

Deonides Bonetti: Wilson, sua atitude esta correta, temos que fiscalizar e cobrar, essas pessoas ganham nosso dinheiro pra isso, portanto dar segurança aos nossos filhos , não é nada mais que uma obrigação, todos nós devemos fiscalizar em outras escolas também. 

 

Edson Santos:  Wilson você está certinho. Cuide de seus filhos, leva e busca se possível. Fica de olho...

 

SEM OPÇÃO

O sacramentano fica sem carnaval e se estiver pensando em ir às compras ou passear no shopping  em Uberaba, gorou o programa. Vejam: PMOnline/Alternativa: Por força de acordo coletivo de trabalho, todo o comércio local ficará de portas fechadas na segunda e na terça-feira de Carnaval, embora, por lei, nenhum dos dois dias seja feriado. Nem as lojas do Shopping Uberaba vão abrir as portas na segunda e na terça-feira.