Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

De olho na rede

Edição nº 1462 - 24 Abril 2015

ANIMAIS NA PISTA

Edson Santos: Asfalto que leva à Gruta dos Palhares, a pergunta é, de quem será a culpa se algo acontecer? Quem do setor público que olha essa parte? Ou não é de responsabilidade da administração pública? Se não, então de quem é? Se alguém bater ou capotar o dono do animal não irá aparecer nunca...

 Thiago Palhares: Tem até pouco dessa vez, aí é sempre assim. Os donos dessas fazendas próximas à pista sempre têm animais no asfalto.

Orlando Gonçalves de Faria: É só chamar a polícia rodoviária. E falta fiscalização!

Emília Gonçalves: A culpa será dos donos dos animais e da fiscalização que não cumpre seu papel!

Madalena da Silva Borges:  A culpa é dos donos e da falta de leis pra punir quem  não  tem pasto e quer  ter animal solto por aí arrebentando cercas. E a maioria é de gente grande, que mora na cidade e leva os animais pra estrada do lixão e terrenos destinados à prefeitura. Isso atrapalha até o transporte escolar! Quem dera se os animais fossem de quem mora lá perto. A maioria vai ate de carreta e desembarca  lá. Lembrando também que esse problema com animais na pista não é de  agora, isso vem de governos passados... 

 

Jesusmar de Almeida: É só colocar todos em um caminhão  e levar pro sitio que  o dono aparece... 

 

DANÇA DAS CADEIRAS NA SAÚDE

Renderam comentários a nomeação de Adriano Magnabosco para a Secretaria de Saúde. Afinal, são 28 meses de governo e quatro secretários, que em números exatos daria um secretário a cada sete meses: Isabel dos Reis Camargo, Maurício Marques Scalon, o vice-prefeito Geraldo Majela  Carvalho e, agora, o secretário de Governo e de Desenvolvimento Econômico Turístico e Cultural, Adriano Magnabosco. 

Ana Maria Araújo: Ele é  médico? Se não...será difícil ! Espero que melhore o atendimento para os sacramentanos. Teria que ser da área da saúde para ter a "sensibilidade" e conhecimento para mudanças.

Carlos Gomes Rosa Gomes: Isso na linguagem correta é chamado a 'dança das cadeiras',  enquanto isso o povo se lasca...

Maiko Palhares: É difícil elogiar uma atitude dessas, apesar de não concordar com a posição do Adriano,  ele merece parabéns, por assumir a bucha ... Não seria melhor contratar um especialista para administrar essa pasta? Já passaram quatro  secretários em dois anos. O que realmente acontece ali? Ou alguém aqui acha normal essa troca de superintendentes?

Edson Santos:  Se deixarem, acredito que ele possa fazer um bom trabalho...

Jordan Massa: 'Te' conheço desde criança, conheci sua competência na gestão do Dr Biro e acho você muito coerente, ético em tudo que faz e fico feliz que agora vai ter uma pessoa lá centralizada e focada para o bem da população...

 

Maria Silva: Parabéns, Adriano, pela nomeação. Acredito no seu potencial e sei que você dará o seu melhor pela população...

 

SERVIDORES ESTADUAIS EMPRESTADOS DEVERÃO VOLTAR À SUA FUNÇÃO

Jornal Estado de Minas: “O governo do estado está convocando de volta todos os servidores cedidos para prefeituras, empresas da administração direta e indireta, órgãos da União e também para os poderes Legislativo e Judiciário. Até dezembro, Minas Gerais tinha 6.526 servidores emprestados, quase a totalidade deles com ônus para o estado. O custo mensal desse empréstimo, sem encargos patronais, foi de R$ 14.679.359,45 em dezembro (Extraído do Jornal Estado de Minas, edição de 18/04/2015)

Dani Ma Brito: Então... alguns saltos quebrando... Em sala de aula é tão difícil salto alto...

Cida Leles: Aproveita e passa um pente fino em ajustamentos funcionais. Está uma farra uma vez que se dizem inquestionáveis é só pagar a consulta e ir tirando licença até ajustar. Nas escolas os que precisam tirar licença por problemas graves, simplesmente não conseguem, porque não têm dinheiro para pagar consultas com psiquiatras e os laudos dos seus médicos atestando a gravidade de suas situações não são suficientes para beneficiá-los, por isso têm que trabalhar arrastados.

Cristiane Xavier:  Todo apoio, é a coisa mais certa a fazer.

Luzinete Santos: Esses empréstimos de funcionários são baseados unicamente em nomear afilhados de políticos. Devolver o afilhado para o padrinho político deverá trazer muitos transtornos para o mesmo, pois em muitos casos o padrinho político usa este tipo de cessão como moeda de troca. Parabéns, Pimentel pela coragem!

Roseni Matos da Cruz: Concordo com essa atitude do  Governador! Se outros órgãos estaduais precisam de funcionários especializados, que abram concursos com salários adequados. Tem muita gente competente que há muito tempo aguarda por bons concursos. Que seja valorizado o mérito e não os acordos obscuros, nos quais vigoram quase sempre o ilícito!

Vanda Vieira:  Corrupção se evita cortando até os pequenos desvios de função. Tem que ter coragem para mudar isso.

Marcos Antonio de Assis:  O caminho é este mesmo, vamos acabar com esses favorecimentos. Tenho certeza de que irá encontrar muitos funcionários fantasmas...

Márcia Flores: Não sei ao certo, qual a real intenção, mas acho justíssimo... 

Simone Soares: Xiiiiiii... Tanta gente que há muito nem lembra qual sua função de origem...

Daniela Anacleto: Arrumando a casa... Vai ter muita gente incomodada!

 

Norma Graziela: Estou pasma, com  tantos comentários venenosos , invejosos e ridículos da maioria de meus ilustríssimos colegas de profissão..