Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

Aos 77, morre Hugo Manzan

Edição nº 1462 - 24 Abril 2015

O fazendeiro e eterno leiloeiro sacramentano, Hugo Manzan Neto, 77, morreu na madrugada do dia 21 de abril, no Hospital Mário Palmério (Hospital Universitário) em Uberaba. Trasladado para Sacramento, seu corpo foi velado por familiares e amigos e no velório municipal e, após as exéquias, foi sepultado no Cemitério S. Francisco de Assis, às 17h. 

Filho de Virgílio Manzan e Amélia, Hugo deixa a esposa Iracema, companheira diária há 54 anos e os filhos Ezio (Márcia) e Hélcio (Euripa) e quatro netos. Hugo deixa sobretudo um grande número de amigos e um grande legado de exemplos e  trabalho nas lides rurais. 

O leiloeiro Hugo Manzan fez história nas festas,  tanto na cidade quanto na zona rural, na função de leiloeiro voluntário, atividade que iniciou em 1959 e seguiu na atividade por 50 anos.   Homem de grande fé, Hugo foi também romeiro de Nossa Senhora D´ Abadia por muitos anos.

A única neta, Patrícia,  recorda do avô com carinho. “Meu vô era um grande homem, que multiplicou amizades na cidade e na roça.  Foi trabalhador do campo, leiloeiro, romeiro de N. Sra. da Abadia, jogador de caixeta,  adorava viajar, receber as pessoas em sua casa, comemorar datas em seu sítio, contar histórias, "causos", como ele falava. Era um grande contador de piadas e vivia pregando peças em todo mundo. Era muito levado e divertido, mas de opinião sempre forte, poucas vezes voltava atrás. Sou muito feliz de ter aprendido muitas coisas com ele. Muito querido por todos, vai deixar muitas saudades para toda a família”, comentou a neta.