Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1777 - 07 de Maio de 2021

Vídeo sobre Carolina Maria de Jesus recebe prêmio nacional do MEC

Edição nº 1416 - 30 Maio 2014

Estudantes da Escola Municipal Deputado Renato Azeredo, em Venda Nova, Belo Horizonte, conquistaram o Prêmio Nacional “Curta Histórias” com vídeo sobre Carolina Maria de Jesus, a escritora negra sacramentana que fez história na década de 60 ao publicar o livro diário, Quarto de Despejo, que se tornou um bestseller, traduzido em 14 países.  

O Curta Histórias, do Ministério da Educação, que visaincentivar novos talentos e estimular o desenvolvimento de atividades pedagógicas e audiovisuais de cunho educativo e cultura,  este ano teve como tema “Personalidades Negras”. O Curta Histórias consiste num trabalho de sessenta segundos, cujodesafio é contar num vídeo tão curto histórias e feitos de negros conhecidos pela força, talento e  diferença que um dia fizeram na vida e na cultura do país.

O Prêmio Curta Histórias é voltado a alunos do Ensino Fundamental (Anos Iniciais e finais) Eja e Ensino Médio.  Os concorrentes disputam a premiação através de duas modalidades de julgamento: uma oficial poruma comissão julgadora e, outra, por   júri popular.  

Dos oito vídeos premiados, três são mineiros.    Na categoria, séries finais do ensino fundamental, pela comissão julgadora, a campeã nacional foi a EM Renato Azeredo,com “Carolina Maria de Jesus”, um trabalho das alunas Isabella Anunciação Mendes, 15, a irmã gêmea, Isadora, e as amigas Stéfany de Souza, 15, Gabrielle Santos e Luísa Lima, ambas de 14 anos, todas alunas do 9º ano, coordenadas pelo professor João Dantas. 

A Escola Estadual Pedro II, de Belo Horizonte, tambémdas séries finais do ensino fundamental, venceu a categoria júri popular com o vídeo “Brasil Negro”. Na categoria Ensino Médio, venceu a EE Dom José Gaspar, da vizinha Araxá, com o vídeo “O Almirante Negro”, que conta a história de João Cândido, que liderou uma rebelião na Marinha brasileira, conhecida como Revolta da Chibata. 

Os demais vídeos premiados pela comissão julgadora são de escolas das cidades de: Ingazeira-PE (Eja) e Campo Bom- (EF - Séries Iniciais) e pelo júri popular foram premiadas também escolas das cidades de: Matupá-MT, (EM), Iaguaí-RJ (EJa) e Salvador-BA (EF - Séries Iniciais).

Os vídeos vencedores serão premiados no próximo dia 28, em Brasília.  Alunos e professores viajarão de avião e passarão uma semana na capital do país, onde, além de conhecer a cidade e os principais pontos, farão uma oficina de formação em cinema, nos dias 29 e 30 de maio. Alunos e professores receberão como prêmios smartphones e câmeras fotográficas semiprofissional cada um e as escolas também serão premiadas com uma cinemateca, um datashow, um aparelho e DVD e uma câmera fotográfica semiprofissional.

 

Carolina em foco

O vídeo de um minuto traz o seguinte texto: “Ela dizia “acho que o país deveria ser governado por quem já passou fome”. Ela representa a luta e a resistência negrano país, assim como a sua importante contribuição para a nossa cultura. “O Sr. Dário ficou horrorizado com a primitividade em que eu vivo. Ele olhava tudo com assombro, mas ele deve aprender que a favela é o Quarto de Despejo de São Paulo. E que eu sou uma despejada. Carolina Maria de Jesus escreveu cinco livros, dentre eles, o Quarto de Despejo que contém as palavras de seu diário. Seus relatos são pratoscheios de realidades sobre um país que não sente a própria fome e não enxerga a própria cor. Carolina foi chamada de “princesa negra da literatura brasileira”, numa época em que os negros,geralmente, não tinham a oportunidade de aprender a ler e escrever”. Na trilha sonora, a música “In a While”, bySemaphore e, “Parabéns pra você”.  O destaque vai para a riqueza de flashes de Carolina e diversos momentos e situações.