Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

Escolas e militares comemoram 7 de setembro

Edição nº 1431 - 12 Setembro 2014

O desfile comemorativo do 7 de setembro, data em que se comemora a Independência do País, em Sacramento, reuniu escolas estaduais e municipais, militares de Sacramento e Uberaba, integrantes do Tiro de Guerra, Corpo de Bombeiros, SUAPI, Brigada1 Sacramento    e integrantes dos projetos sociais da Prefeitura. Este foi o quarto desfile dos novos tempos desde o resgate cívico pelo ex-prerfeito Wesley Baguá.,  depois de muitos anos sem a comemoração da data. 

O prefeito Bruno Scalon Cordeiro, discursando na abertura do desfile, destacou a importância do resgate na cidade do civismo e do culto do amor à pátria. Presentes no palanque oficial, o presidente da Câmara José Maria Sobrinho e demais vereadores, a primeira dama, Celma Scalon Cordeiro, autoridades militares e religiosas, dentre outros.

Como nos velhos tempos e vem ocorrendo nos últimos anos, o 7 de Setembro levou um grande número de pessoas ao centro da cidade para assistir aos desfiles, que começaram  com uma hora de atraso, o que causou preocupação a vários pais, cujos filhos pequenos tiveram de chegar à concentração às 15h30.  Mas os aplausos foram muitos e o gáudio com que todos os participantes desfilaram valeu a pena.

A Escola Estadual Barão da Rifaina que comemora seu jubileu de ouro abriu o desfile, com um tema alusivo aos 50 anos de sua história.  Destaque para a fanfarra comandada pelo professor Thales Bianchini Gomide. Seguiram-se a Escolinha Tio Toffe/APAE com a sua bandinha comandada pela professora Sandra Silva;  Escola Eurípedes Barsanulfo; EMEI Profª. Sílvia Vieira com a fanfarra de flautas comandada pelo professor Walter Rios Júnior; as escolas municipais, Luiz Magnabosco, Dona Maria Sant´Ana (Quenta Sol), Dr. João Cordeiro com a fanfarra regida pela Profa. Eliana Lima; Dr. Djalma Afonso do Prado (Divisa), Cel. Júlio Borges (Jaguarinha) e EE Cel. José Afonso de Almeida com  os núcleos de Jaguarinha e Quenta Sol,  com a fanfarra Aracy Lopes Pavanelli, sob a regência do instrutor Ivan Rosa Gomide; escolinha de voleibol da URS, Brigada 1, Capoeira do mestre Beto e SC Metamorfose. 

A parada cívica terminou com a apresentação do pracinha da 2ª Guerra Mundial, Francisco Matias de Oliveira;  Banda do 4º Batalhão de Infantaria e pelotão do Tiro de Guerra, de Uberaba; polícia militar da 185ª Cia e Suapi de Sacramento.