Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1777 - 07 de Maio de 2021

Moradores dão lição de cidadania com a 'Ação Bairro sem Dengue'

Edição nº 1382 - 04 Setembro 2013

Maria Alice Dias, presidente da Associação Comunitária do Cajuru, é a idealizadora do projeto, 'Ação Bairro sem Dengue', lançado no dia 22 no Residencial Cajuru, em conjunto com os presidentes de outras associações dos bairros e o educador em Saúde, Bérgson Evangelista dos Santos, definido por Maria Alice como um grande parceiro.

A “Ação Bairro sem Dengue”, que tem como slogan, “Sem você o mosquito não acaba”, de acordo com Maria Alice nasceu da necessidade de se fazer alguma coisa para combater o mosquito da dengue. “Daí tive a ideia de convidar os presidentes de outros bairros para participarem conosco e tivemos sucesso com a adesão dos presidentes da Cohab, João XXIII, Alto Santa Cruz, Perpétuo Socorro e Morada do Sol, além do apoio de Bergson, com quem há vários anos tenho trabalhado”, justificou, informando que, apaós a primeira reunião, com o assentimento de todos, iniciaram a primeira ação no Cajuru. “E foi um completo sucesso”, comemorou, destacando a participação das crianças do projeto “Adote seu bairro”, desenvolvido com crianças do Cajuru. 

Para implementar o projeto, Maria Alice contou com o apoio do empresário José Renato Marques, da empresa Sak´s, que fez a doação das luvas; da Prefeitura, através do caminhão cedido para recolher o lixo; e o apoio de Bergson e sua equipe. “Tiramos dois caminhões de lixo no mutirão no Cajuru, foi uma limpeza geral e também uma conscientização no boca a boca, explicando os cuidados a serem tomados. Foi muito bom”, avaliou.

 Com toda a experiência que possui na área, Bergson Evangelista elogiou a iniciativa. “Esse é um sonho nosso que começa a ser realizado. Há treze anos nessa área, abracei a questão da dengue com trabalho nas escolas e junto á comunidade e,  de repente, veio essa ideia da Maria Alice para fazer o mutirão comunitário, partindo de uma associação, para mobilizar, fazer com que a população acorde e, realmente, ponha a mão na massa. E foi uma iniciativa maravilhosa, muito importante e tem o nosso total apoio”, elogiou.

 Maria Alice destaca que a intenção é eliminar por completo qualquer vestígio do mosquito  da dengue, que matou em Sacramento este ano três pessoas. “Nossas ações, além de erradicar o mosquito, visam  também mudar a imagem que a sociedade tem do bairro. Ali moram famílias, pessoas trabalhadoras. Eu não trocaria meu bairro, minha casa, por lugar nenhum, gosto muito do bairro e vamos com os membros da diretoria e os moradores  estar sempre trabalhando pela sua melhoria em todos os aspectos”, disse, adiantando que a próxima tarefa da associação no bairro  é organizar uma horta comunitária. “Nesse projeto vamos envolver mais pessoas. Nas casas onde já fizemos a limpeza, cujos quintais não estejam cimentados, vamos fazer uma horta em cada casa. Serão hortas comunitárias, o que cada um produzir vai servir para o outro”, disse mais.  

De acordo com Maria Alice, mais uma “Ação Bairro sem Dengue” estava prevista para o último domingo, mas devido à chuva não foi possível. Neste domingo, 6, será no bairro São Geraldo e, no dia 12 de outubro, novamente no Cajuru, o “Dia da Criança sem Dengue”, a exemplo da atividade feita na Páscoa, quando as crianças recolheram 110 sacos de lixo no bairro.  “A meta dos presidentes de bairros e parceiros do projeto é fazer a coleta em todos os bairros, num constante ir e vir”, finalizou.