Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1771 - 26 de Março de 2021

Ela voltou ao Desemboque depois de 50 anos... “Meu Deus, quantas lembranças!”

Edição nº 1389 - 22 Novembro 2013

Maria de Lourdes Rezende, Lourdinha (foto) (irmã do ex-vereador Rute), radicada em Brasília há mais de 40 anos, foi matar a saudade do rincão onde viveram os avós e tios. Professora aposentada e coordenadora de projetos educacionais na capital federal, declara que tem boas lembranças do lugar, que não visitava há mais de 50 anos.

 “- Meu tio Chico morava no casarão de porta azul que foi restaurado e as lembranças que tenho dali são muito grandes. Ali era nosso ponto de pouso. Saíamos do meu avô, que morava do outro lado do Rio, dormíamos aqui no casarão e, no outro dia, saíamos a cavalo pra pegar a jardineira e seguir para Sacramento. Lembro também das festas de Nossa Senhora do Desterro, as enormes fogueiras que faziam. Os leilões, com aqueles biscoitos nas cestinhas enfeitadas com papel crepom. O padre Ivo, meu Deus, quantas lembranças! Voltar numa festa tão bonita dessas é buscar na memória a minha infância, a história das minhas origens, é a minha história”. 

Lourdinha estudou em Sacramento até concluir o curso Magistério, lecionou História como voluntária no seminário Redentorista, a convite de  Pe. Antônio, no tempo da campanha dos Tijolinhos para a construção do atual prédio do Seminário. “O seminário era na casa da Bina e eu tinha dois irmãos no seminário e eu fui dar a minha contribuição.Eu já era noiva do Luiz Carlos de Oliveira  e foi engraçado que, quando fomos nos casar, Pe. Antonio disse que só me deixaria casar se o Luiz lhe desse 100 tijolinhos. E e assim foi”. 

Em 1965, Lourdinha e o marido mudaram-se para Brasília onde nasceram seus quatro filhos e onde se formou em História e pôde ir a Cuba realizar o grande sonho de conhecer Fidel Castro. Hoje, Lourdinha é casada com o cubano, Javier Luiz Iglesias Alfonso e alterna seu trabalho entre Brasília e Cuba.