Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº1733 - 26 de Junho de 2020

Gente

Comunidade 13 de maio vota pela permanência do patrimônio

A diretoria do Treze de Maio Futebol Clube convocou assembléia no dia 10 de janeiro, às 20h00, para discutir o assunto. Representantes da comunidade compareceram à reunião, que iniciou com as explicações do presidente Renato Candido Fontes, sobre a proposta do prefeito Joaquim Rosa Pinheiro em construir na área do clube uma vila olímpica. A partir daí várias pessoas opinaram e questionaram, mantendo sempre firme a posição da manutenção do patrimônio.

Uma das opiniões que mais convenceu os presentes foi a do velho guerreiro Macalé, quando argumentou: "É bom que todos saibam, uma vila olímpica é aberta para todos, é uma coisa pública, se fizerem uma vila olímpica aqui, não vamos ter um local nosso, até o nosso campo vai sair daqui. O prefeito quer fazer uma obra bonita, que sirva aos bairros adjacentes utilizando uma propriedade particular, não podemos permitir. Este patrimônio é nosso. Ainda tenho as notas promissórias do pagamento feito. Pagamos com o suor de nosso rosto. Ele quer construir a vila olímpica no bairro, ótimo, será bem-vinda. Vamos todos usar, vai estar aberta a todos. Mas se for aqui, vamos perder, além de nosso patrimônio, nossa história", disse.

Personalidades do Ano Frei Pedro e Orlando Silva

O Mosteiro Santa Maria dos Anjos na Providência de Deus completa dois anos de funcionamento em Sacramento. No dia 25 de fevereiro de 2004 os franciscanos assumiram a casa, onde durante mais de 30 anos abrigou os padres e seminaristas da Congregação Redentorista.

A nova casa é o único mosteiro da Fraternidade de São Francisco de Assis na Providência de Deus . É lá que os freis se dedicam à contemplação e oração. Mas o prédio presta também a um trabalho social maravilhoso, o Educandário do Ssmo. Redentor, atendendo a mais de 130 menores, com idade de 7 a 14 anos.

Ao fazer uma análise desses dois anos de trabalho social realizado pelo Educandário, o superior da casa, Frei Pedro Caetano da Silva, 54, disse que a experiência foi positiva. “2004 foi o ano da experiência, era o início de um novo trabalho dentro do nosso carisma. Em 2005 não aumentamos muito as crianças, melhoramos a qualidade no atendimento das 130 crianças, coordenadas pelo frei Domingos Pereira e Irmã Idalina, da Congregação de São José de Cluny. E valeu a pena, porque nesses dois anos vimos crianças que eram desacreditadas, não sendo aceitas nem mesmo pelas escolas, hoje são bons alunos, alguns estão trabalhando, produzindo, em casa são bons filhos, conforme relatam os próprios pais, eles não estão sendo problemas, mas solução. Cumprimos a nossa missão. O nosso diploma está aí", avaliou.

Ernani ganha moto do JJ

O Supermercado JJ brindou os seus fregueses com uma moto CG 125, no valor de R$ 6.500,00. O feliz ganhador foi Ernani José Barcelos, 44, morador da rua Carijós 241, bairro João XXIII. Satisfeito e feliz ao entregar o prêmio , o proprietário do JJ, Clever Gobbo, o Tiacoco, falou sobre a promoção. "Fiquei satisfeito com o retorno da promoção e os prêmios que pudemos oferecer serviu para dar uma satisfação a mais aos nosso clientes. Ernani não era nosso freguês, veio para ganhar a moto, mas eu tenho certeza que ganhei um freguês a partir de agora", justificou Gobbo. Além da moto, o Supermercado JJ ofereceu um prêmio de R$ 1 mil, em vale-compra, na promoção, 'Sacramento dá Prêmios'. O gasnhador foi seu cliente, Tarcisio Bizinoto.

13 de Maio não quer perder patrimônio


O XIII de Maio Foot Bal Club, assim mesmo, com algarismo romano e em inglês, um dos mais tradicionais clubes da cidade, realizou uma assembléia geral na última terça-feira, 10, para discutir a proposta do prefeito Joaquim Rosa Pinheiro, que quer transformar a área da instituição, 14.780 m2, em uma vila olímpica, com uma verba proposta através de emenda parlamentar feita pelo deputado federal do PL, Aracely de Paula.

A decisão da assembléia, convocada pelo presidente, Renato Cândido e realizada na sede do clube, reuniu, além dos diretores, representantes da comunidade e da velha guarda do clube que nasceu em 1959. A decisão foi unânime: o clube não quer mudar o campo de lugar, nem ceder o espaço para uma vila olímpica que não será mais do 13 de Maio.

Personalidades do Ano de 2006

“Se S. Francisco vivesse hoje, acredito que ele viveria fazendo a mesma coisa, ele escolheria a situação pior da nossa época, só que acho que ele teria um avião para atender a sua clientela que está muito grande. Ele viveu extremamente a pobreza e para os pobres. Naquele tempo a pior exclusão era a lepra e nesse século outro tipo de lepra prolifera. Com certeza ele faria essa opção”. A frase é de Frei Pedro Caetano da Silva, o guardião do Mosteiro Santa Maria dos Anjos na Providência Divina, casa que abriga a maravilhosa obra social, o Educandário Santíssimo Redentor, propiciando uma formação integral a 130 crianças.

Reveillon de rua reúne 1.500 pessoas para dançar com a banda Madeireira Brasil

Cerca de 1.500 pessoas, conforme dados da Polícia Militar, participaram do primeiro Reveillon de Rua de Sacramento, organizado pela Prefeitura da cidade. Um erro de avaliação da carga elétrica utilizada no show da banda Madeireira Brasil, que animou a festa da virada de ano, obrigou os organizadores a apagar a iluminação montada na av. Rio Branco e a montar o palanque da banda para a av. Vigário Paixão, onde o pequeno público se concentrou. Para a PM, ainda, foi uma festa tranqüila, sem nenhuma ocorrência significativa.

Hermógenes sucederá um presidente de 15 anos


Hermógenes Ribeiro (foto) está sucedendo o atual presidente, João Osvaldo Manzan, no cargo há 15 anos e mais três como vice- presidente. O jovem presidente disse em entrevista que as metas serão traçadas c om os associados. “ Não será uma idéia de diretoria, queremos a idéia da classe, por isso não definimos uma planilha de promessas de campanha, o associado é que irá definir o que a classe precisa”, explicou.

O novo presidente, nesses anos todos como mobilizador do Senar no meio rural, tem, entretanto, uma visão das dificuldades mais prementes da classe, destacando como a principal delas, “a falta de uma política agrícola em nível nacional, além de outras, como a falta de informações e subsídios para o produtor, que hoje tem que ser eficiente para competir com o produtor do país e do mundo. A falta de união da classe, segurança, tecnologia, tudo isso prejudica o caminhar da própria classe”, disse.

Manzan agradece pelos 15 anos à frente do sindicato

Antes de passar o cargo, João Osvaldo lembrou a emoção que sentiu quando recebeu o cargo do então presidente, Antônio Afonso de Almeida, há 15 anos. "É com a mesma emoção que senti há 15 anos, quando recebi do então presidente Antonio Afonso de Almeida a responsabilidade de dirigir e representar o Sindicato Rural, que, hoje, pela última vez como presidente, honrosamente e com alegria, transmito o cargo ao Hermógenes Vicente Ribeiro".

Prosseguindo, disse que trabalhou com dignidade. "Manifesto também a grande alegria de poder afirmar que cumpri com dignidade, honradez e honestidade o meu dever pelo bem de todos e entendo tê-lo feito senão tão bem, pelo menos satisfatoriamente, nos limites da minha modesta capacidade (...)", Manzan enalteceu a pessoa do novo e jovem presidente, Hermógenes: "Quem vai assumir a presidência do sindicato é também homem bom, simples como eu, porém afeito de administração, com inteligência e lucidez incomparáveis, a quem desejo uma profícua gestão".

Grande festa marca despedida de Vado e posse de Hermógenes

Após descerrar a fita e a placa, com o prefeito Joaquim Rosa Pinheiro, marcando a inauguração do novo salão de festas da sede do Sindicato, João Oswaldo Manzan - Vado, recebeu a primeira homenagem da noite. O seu nome, por decisão da diretoria, foi escolhido como patrono do local. Pego de surpresa, agradeceu emocionado, após a bênção do local proferida pelo pároco, Levi Fidelis Marques. "Quero agradecer a todos os diretores pela escolha do meu nome para denominar este salão, que foi uma surpresa para mim. Eu quero que vocês façam aqui grandes realizações para que nossa classe possa crescer cada dia mais. Não tenho palavras para agradecer, mas tenho um coração que agradece a todos vocês". A placa na entrada do salão, traz os nomes de João Osvaldo e demais diretores, inclusive suplentes, com a mensagem: "Desejamos que essa obra seja exemplo de força e determinação para as gerações futuras".

Sak’s escolhe Funcionário Padrão 2005

Outro ponto alto da festa da Sak's foi a apuração dos votos, através de eleição direta, realizada entre os funcionários para saber quem levaria o título 'Funcionário Padrão de 2005', nas unidades da empresa. Em Pedregulho, foi eleito, Helder de Jesus Visconti, 24, em disputa acirrada. Também apertada foi a vitória de Zarim, Belizário Pereira Neto, como Funcionário Padrão da Sak's, de Sacramento, que recebeu o prêmio das mãos de José Renato. Emocionado, depois de agradecer a homenagem, Zarim dedicou o prêmio a todos os colegas. "Essa placa não é só minha, é de todos vocês".