Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1783- 18 de junho de 2021

Promotor Público alerta sobre o plantio da cana-de-açúcar

O Ministério Público, representado pelo promotor, José do Egyto de Castro Sousa, Curador do meio ambiente, presidiu a reunião, realizada na manhã desta sexta-feira, na Câmara Municipal, para discutir o projeto de lei, que regula o plantio de cana no municpípio, apresentado em plenário pelo vereador e presidente do partido, Aristocles Borges da Matta, o Papinha. Participaram da reunião, o vereador Luiz Antônio Sinhorelli, também do PDT, e alguns representantes dos segmentos sociais, como Osny Zago, representando o SAAE; Lincoln Soares Borges, do Codema; João Oswaldo Manzan e Izalberto Rodrigues Cunha, produtores rurais; Marcel Scalon Cerchi, diretor do Laticínios Scala e prof. João Bosco Martins, representando a EE Cel. José Afonso de Almeida.

A preocupação com essa questão foi elogiada pelo promotor José do Egyto, salietando que as medidas já deviam ser tomadas há mais tempo. "Fui contacto por representantes do Instituto Bezerra de Menezes, preocupados com a questão da cana. Há cerca de dez dias fui contatado também pelo promotor de Conquista, que havia sido procurado por pessoas, preocupadas com as nascentes do córrego Lajeado, que abastece a cidade de Conquista, informando que cerca de oito nascentes do córrego estavam sendo ameaçadas pela degradação ambiental causada pelos plantadores de cana", disse.