Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1595 - 03 de Novembro de 2017

Triciclo Espetáculos realiza III Mês Cultural Scala

Edição nº 1533 - 2 de Setembro de 2016

O Laticínio Scala patrocina pelo terceiro ano consecutivo o projeto Mês Cultural Scala, com cinco apresentações gratuitas na praça do Rosário (dias 2, 9, 16, 23 e 30/9);  15 apresentações nas escolas da cidade e zona rural (de 12 a 16/9) e uma oficina na Escola Eurípedes Barsanulfo (dia 17). A coordenação e direção das apresentações é da empresa Tri Ciclo Espetáculos. O evento tem também o apoio do Ministério da Cultura (Minc), através da Lei de Incentivo à Cultura,  Sacramento Palace Hotel, Bonfim Corretora de Seguros, Rio Branco Combustíveis, Armazém Restaurante e Supermercado Maísa.
O Mês  Cultural Scala  abre sua temporada em Sacramento nesta sexta-feira 2, às 19h30,  com o espetáculo, 'Como sobreviver em festas e recepções com buffet escasso', de Carlos Nunes, prometendo muitos risos.  “Imagine-se numa cerimônia religiosa de casamento. Você escolhe, intencionalmente, assentar-se nas pontas laterais dos bancos da igreja. Assim, ficará mais fácil a saída direto para a festa. Afinal você nem fez um lanchinho ou refeição antes de sair de casa, preservando o estômago para os comes e bebes que estariam por vir...”.

 

Programação do Mês Cultural Scala

Ao todo serão  cinco apresentações, todas às  sextas-feiras de cada semana, às 19h30, no palco montado na praça do Rosário, apresentando os seguintes espetáculos no palco montado na praça do Rosário. Veja os dias:
2 – Como sobreviver em festas e recepções com buffet escasso, de Carlos Nunes.
9 – Legado Andalus, pela Cia de Baile Flamenco Fátima Carretero.
16 – Apresentações de grupos locais: Coral Aparecida Rebelo Novelina, Orquestra de Violas e Banda Racionália.
17 - Oficina para educadores, 'O brincar como forma de aprender', com Rodrigo Robleno, na Escola Eurípedes Barsanulfo.
23 – Grupo chorocultura
30 – O Brasil virou comédia, com Nilton Pinto e Tom Carvalho.
17 - Oficina para educadores, 'O brincar como forma de aprender', com Rodrigo Robleno, na Escola Eurípedes Barsanulfo.
De 12 a 16 – Viralata, o palhaço tá solto, nas escolas.
E assim o grupo Tri Ciclo Espetáculos continua levando cultura para a região, com o objetivo de fortalecer a arte e a formação de público, além de apresentar oficinas de formação e qualificação de educadores, com  dança, teatro,  música popular, instrumental e erudita. O Tri Ciclo é formado pelas diretoras Cynthia Verçosa e Lívia Ferolla, que contam com grande equipe.