Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1599 - 01 de Dezembro de 2017

MPMG assina acordo que prevê medidas de repressão a explosões de caixas eletrônicos

Edição nº 1595 - 03 de Novembro de 2017

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), Governo do Minas, polícias Civil, Militar, Federal,  Rodoviária Estadual e Federal e Corpo de Bombeiros assinaram, dia 16 último, um Acordo de Cooperação Técnica (ACT), que objetiva colocar em prática medidas e ações conjuntas que contribuam com a repressão à criminalidade violenta no estado, sobretudo aos crimes decorrentes de explosões de caixas eletrônicos.

 O acordo visa a conjugação de esforços entre o Governo e demais parceiros, mediante o compartilhamento de ações de inteligência, informações e conhecimento de inteligência e de operações policiais específicas. 

O MPMG, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), deverá manter contato com as instituições responsáveis pelo combate ao crime de explosão a terminais de autoatendimento, caixas eletrônicos e cofres de agências bancárias ou estabelecimentos comerciais, contribuindo para uma metodologia de trabalho integrado com os órgãos de segurança pública.

 Segundo o ACT, os integrantes do Gaeco, ao receberem ocorrências, inquéritos ou processos que estejam relacionados à explosão de terminais, caixas e cofres, deverão dar prioridade à análise desses procedimentos, sem prejuízo da realização de um trabalho conjunto com as instituições responsáveis pela apuração do crime.

O acordo foi assinado pelo procurador-geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet; secretário de Estado de Segurança Pública de Minas Gerais, Sérgio Barboza Menezes; superintendente regional de Polícia Rodoviária Federal em Minas, Paulo Henrique Urzeda Mota; secretário de Estado de Administração Prisional, Francisco Kupidlowski; comandante-geral da PMMG, coronel Helbert Figueiró de Lourdes; chefe de Polícia Civil de MG, João Octacílio Silva Neto e,  pelo chefe do Estado-Maior do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Edgard Estevo. (Fonte: MPMG/Superintendência de Comunicação Integrada/Redação ET)