Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1595 - 03 de Novembro de 2017

Bucolândia e coisas mais...

Edição nº 1594 - 27 de Outubro de 2017

De outra feita, o Bar do Expedito foi visitado por um casal francês. Percebendo que eram estrangeiros e nada entendendo do que diziam, Expedito chamou seu garçom, o famoso Cuia. Sem cerimônia, Cuia dirigiu-se ao casal e, polidamente, disse: “Bom 'jur', aqui nós servimos carne de porco (e com gestos e sons imitava um suíno com voz grave) 'Rom... rom... rom...'. Servimos galinhas (fazendo gestos como se fosse voar, cacarejava) 'Có-có-ri-có...'. O senhor, que falava português, com muito bom humor e às gargalhadas, pediu ao Cuia: “Nous voulons un 'có-co-ri-có...”. Feliz da vida, Cuia retorna à cozinha e pede: “Solta um có-có-có-ri-có ao molho”. Virando-se para a cozinheira, todo exibido, diz: “Viu, como eu falo francês!!” (De Saulo Wilson, 'No Reino Encantado da Babilônia)