Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1599 - 01 de Dezembro de 2017

Ivone Regina recebe Medalha ‘Desembargador Hélio Costa’

Edição nº 1182 - 04 Dezembro 2009

A advogada Ivone Regina Silva, Conselheira Seccional da OAB mineira, recebeu a Medalha ‘Desembargador Hélio Costa’, em solenidade realizada, no dia 27, no Salão ‘Paulo da Graça Lima’, no Paço Municipal, evento que contou com a presença de autoridades locais, advogados, vereadores, amigos e familiares da homenageada. 

Compuseram a mesa de honra a juíza da comarca, Ana Régia Santos Chagas; desembargador Eduardo Costa Machado, representante do presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o sacramentano Sérgio Antônio de Resende; além dos membros da comissão que escolheram o nome da homenageada para receber a honraria, a saber: o prefeito Wesley De Santi de Melo; presidente da Câmara, Carlos Alberto Cerchi; 

a presidente da OAB local, Dora Cerchi; promotor José do Egito de Castro Souza e os juízes Alaor Alves de Melo Júnior e Cintia Fonseca Nunes Junqueira 

de Moraes, conforme Resoluções de números 269/1995, 362/2000 e 411/2003, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. 

 

Uma justa homenagem

 

A agraciada com a Medalha ‘Desembargador Hélio Costa’, a advogada Ivone Regina Silva, atual Conselheira Seccional da OAB mineira, é dona de uma extensa biografia e um currículo invejável, recheado de trabalhos prestados à Educação, à cidade, à filantropia e sobretudo à Justiça, fazendo jus à homenagem que lhe foi outorgada. 

Ivone Regina nasceu em Sacramento, filha de Ivanir Júlio Silva e Esperança Gobbo Silva, iniciou-se profissionalmente no Magistério, após formar-se em 1962, carreira que abraçou com amor e dedicação até aposentar-se. Foi professora desde as séries iniciais, nas escolas estaduais de Sacramento e Conquista, até ocupar o cargo de diretora, primeiro na EE Sinhana Borges e, depois na Escola Estadual Coronel José Afonso de Almeida , onde se aposentou. 

Durante toda a carreira do Magistério foi brilhante e dedicada em todos os seus dias, quer como professora, quer como diretora, atuando de forma atuante tanto no pedagógico da escola como nas promoções de melhoria física dos prédios escolares.

Mas Ivone queria mais e foi aí que abraçou a carreira advocatícia, que exerce com gáudio há mais de 30 anos, paralelamente se realizando também como política, quando foi eleita vereadora por três legislaturas. Ivone, em qualquer uma das atividades que exerceu e exerce deixa a sua marca, inclusive no serviço filantrópico que sempre lhe é nato. 

E foi muito emocionada, que Ivone recebeu a Medalha 'Desembargador Hélio Costa', a maior honraria do Judiciário mineiro, das mãos da juíza Cintia Fonseca. 

Após a condecoração, seguiram-se eloquentes discursos todos exaltando os méritos da homenageada, Ivone Regina Silva. 

 

Autoridades exaltam a história e a vida de Ivone Regina

 

A juíza Cíntia Fonseca, após enumerar vários feitos da homenageada como o trabalho envidado para a criação subseção da OAB na cidade, a criação da Delegacia de Mulheres e a Defensoria Pública Estadual, dentre outras, ressaltou o seu trabalho no magistério e na filantropia. “Ivone exerce a advocacia com ética, competência e probidade, satisfazendo os anseios de seus constituintes, sem olvidar que não se nega, quando nomeada para o múnus dativo, com um número expressivo de jurisdicionado amparados pela Justiça gratuita. Prima por manter um relacionamento com os juízes e promotores que passaram pela Comarca”, elogiou, lembrando a criação da Guarda Mirim de Sacramento, em 1983, juntamente com a promotora Dale Fonseca, sua mãe.

O prefeito Wesley De Santi de Melo, também advogado, saudou Ivone destacando também a sua atuação em todos os âmbitos da sociedade. “Muito me envaideceu participar da comissão que escolheu por unanimidade o seu nome, porque seu trabalho e sua marca na cidade são muito grandes. Por tudo o que Ivone representou e representa para a nossa comunidade, em nome do povo Sacramento, parabenizo-a por essa justa homenagem”, concluiu.

Representando o poder Legislativo, o vereador e advogado, Bruno Scalon Cordeiro, enalteceu o trabalho de Ivone Regina enaltecendo sua coragem. “Muito merecido, porque Ivone, não teve medo de assumir as suas responsabilidades. Não é à toa que as pessoas recebem homenagens, Ivone é merecedora de todas elas”, disse, lembrando que a advogada é a única sacramentana a ser homenageada com as três maiores medalhas dos poderes constituídos da cidade.  

O desembargador Eduardo Costa Machado, em nome do sacramentano, presidente do TJMG, Sérgio Antônio de Resende, saudou Ivone Regina enaltecendo a honra de estar ali representando o presidente do TJ com a missão de homenageá-la, mas também para agradecer a advogada pela ajuda que o levou ao TJMG. “O meu apreço e minha gratidão pela amizade e coleguismo. Eu vejo essa medalha que está colocada num local, no aconchego de um coração generoso, ético e retilíneo de uma pessoa que a sociedade sacramentano soube homenagear”, cumprimentou. 

E, finalmente, a advogada Dora Cerchi, presidenta da OAB local, em nome de toda a classe dos advogados saudou a colega Ivone Regina pela honraria. “Sinto-me imensamente honrada e gratificada para, em nome de todos os advogados e advogadas inscritos em nossa subseção, cumprimentar nesta memorável solenidade, nossa querida colega, Ivone Regina Silva, pela outorga da emérita Medalha 'Desembargador Helio Costa'”, disse, enumerando vários feitos de Ivone em prol da classe.

A presidente concluiu falando da contribuição de Ivone à sociedade. “Estou convicta de que esta importante láurea que hoje, solenemente recebe, representa o reconhecimento e a gratidão de sua comunidade e de seu Estado, através do Egrégio Tribunal de Justiça de Minas Gerais, pela sua extraordinária contribuição intelectual, moral e jurídica prestada à nossa sociedade. Pois, a Medalha 'Desembargador Hélio Costa' contém significativa mensagem implícita no âmago, no gesto e nas normas de sua concessão. Representando os princípios e ideais básicos que a identificam: Deus, a justiça e a paz social. “A paz é o fruto da justiça e Deus é a fonte da justiça e da paz”, concluiu.

 

Medalha ‘Desembargador Hélio Costa’

 

A Medalha Desembargador Hélio Costa, a maior honraria do Poder Judiciário de Minas Gerais, foi criada em 29 de dezembro de 1995, instituída pela Resolução nº 296/95, com o objetivo de homenagear pessoas que mais se destacaram na prestação de relevantes serviços ao Poder Judiciário. A homenagem acontece de dois em dois anos, no mês de dezembro, com referência a data comemorativa do Dia da Justiça, com indicações das autoridades constituídas nas comarcas.

O Desembargador Hélio Costa nasceu em 22 de fevereiro de 1914, na cidade de Sabará. Ocupou vários cargos de destaque na área jurídica, como os de Juiz Corregedor, presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Corregedor Geral de Justiça e vice-presidente do Tribunal de Justiça. Atualmente, é o Superintendente da Memória do Judiciário Mineiro. 

 

Ivone agradece homenagem 

 

“Somos imensamente grata e honrada ao Colendo Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, por generosamente, conceder-nos a Medalha 'Des. Hélio Costa', recebida das mãos da eminente ex-diretora do foro desta comarca, Dra. Cintia Fonseca Nunes Junqueira de Moraes. Esta distinção muito nos orgulha e emociona, considerando, principalmente, o significado maior da Medalha, além da ínclita figura que a inspirou, o Des. Hélio Costa”, disse, traçando o perfil do eminente jurista, hoje com 96 anos, como um dos mais respeitáveis e invejáveis juristas deste século 

Mas, a emoção deste momento memorável, não nos embota a consciência. Sabemos que a devemos colher para transmitir aos verdadeiros destinatários desta honraria, nosso reconhecimento e imensurável gratidão. 

Inicialmente à MM Juíza, Dra. Cíntia, por ter distinguido uma das mais expressivas e respeitadas instituições do país, a Ordem dos Advogados do Brasil, para a escolha do agraciado desta extraordinária Medalha (...) Motivo pelo qual, tenho a certeza que Dra. Dora não titubeou ao indicar nosso nome para receber tão grande honraria, considerando ser esta a verdadeira aspiração da condecoração da Medalha “Des. Hélio Costa” e de ser esta também, a característica do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, que a confere: a versatilidade.

Cumpre-nos, pois, Dra. Dora, dizer o quanto gratificou-nos e sensibilizou-nos a lembrança de nosso nome, como também Dra. Cintia, pela feliz e reconhecida opção pela nossa querida Seccional da OAB, Seção Minas Gerais, sob a brilhante presidência de nosso não menos querido Raimundinho, pela dignificante distinção de nossa valorosa e respeitosa instituição, para agraciar um de seus ilustres advogados. Tenham, pois, a certeza de nossa reconhecida gratidão e imensurável emoção por tão generosa distinção. 

E na mesma esteira, jamais poderíamos olvidar nesta noite memorável, um gesto delicado e pleno de justiça, a esta plêiade de homens públicos, os demais eminentes componentes da Comissão por terem referendado a indicação de nosso nome para a outorga de tão grata honraria, nossos caríssimos representantes do poder Executivo, Dr. Wesley De Santi de Melo; do poder Legislativo, Prof. Carlos Alberto Cerchi e o nosso caríssimo representante do Parquet, Dr. José do Egito Castro Sousa. Saibam V. Exas., que esta conquista ficará plasmada de forma indelével em nossa alma e servirá de estímulo, a fim de que continuemos desempenhar com a garra e coragem, necessárias e exigida, a nossa dinâmica trajetória, na comunidade, na advocacia e na Seccional da OAB de Minas Gerais” – disse mais, agradecendo também ao TJMG, “como uma das mais expressivas instituições da vida republicana”, lembrando por fim, dos familiares e amigos com quem trabalhou e trabalha, nas diversas entidades que serviu e serve.