Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1599 - 01 de Dezembro de 2017

Médico de Sacramento é cidadão uberabense

Edição nº 1126 - 01 Novembro 2008

O sacramentano Roberto da Matta Lenza, 35, radicado em Uberaba há 19 anos, onde se formou em Medicina pela FMTM (hoje UFTM) e exerce a profissão, fazendo parte da equipe de ponta da faculdade como professor e cirurgião titular em gastro e cirurgia geral, é um dos mais novos cidadãos uberabenses por adoção. O título foi-lhe outorgado através de requerimento do vereador, Itamar Ribeiro. “Recebi esse título com uma satisfação muito grande, porque pra mim Uberaba é uma mãe. Lá cheguei com muita dificuldade e ela me deu tudo de bom. Conquistei minha profissão e minha família, lá nasceram minhas filhas. Enfim, em Uberaba pude desenvolver todos os meus projetos. Para mim, receber esse tiítulo foi uma das maiores honras. Esse foi o reconhecimento da cidade que me acolheu. Isso me dá mais responsabilidade com uma cidade que tanto valorizou a gente”, confessa, em entrevista concedida ao ET em Sacramento, na casa dos pais, Adalberto Lenza e Aparecida da Matta Lenza.

Falando um pouco sobre sua especialidade, Robertinho revela que a medicina foi sempre um sonho de sua vida. Estudante da Escola Coronel até o 3º Colegial, o hoje Dr. Roberto fez um ano de Cursinho em Uberaba e iniciou o sonho que acalentava. “Sempre quis fazer medicina, eu sabia que queria isso. Em Sacramento eu estudava à noite e, durante o dia, trabalhava, mas mantinha esse sonho. Aí tive a oportunidade de ir para Uberaba e ingressar na FMTM e estou aí na profissão”. 

 Explicando que não existe mais o cirurgião geral, pelas especialidades criadas nas áreas médicas, Roberto integra uma equipe que representa hoje uma referência no país, pelo trabalho que realiza no campo da vídeo-laparoscopia, que existe em Uberaba há 20 anos. “O grupo da Faculdade de Medicina é referência em vídeo cirurgia e forma cirurgiões para isso. Hoje, eu opero 70% de vídeo-laparoscopia e 30% de cirurgia aberta. Só de atendimento do consultório, são cerca de 50 a 60 cirurgias por mês e dezenas de outras no hospital escola”, conta.


Carinho por Sacramento

Sobre a possibilidade de instalar consultório em Sacramento, Roberto diz que a cidade comporta a especialidade, porém depende da estrutura. “Para cirurgias avançadas, de grande porte, como as dessa área, dependemos de uma boa estrutura, de suporte: uma boa UTI, grandes equipes de enfermagem, de fisioterapia e o custo é alto, muito alto e a população é pequena. Em Uberaba é diferente, porque recebe pacientes de toda a região e de outros estados. Mas o nosso consultório, na av. Guilherme Ferreira, com atendimento com hora marcada, através de convênios, está aberto ao povo sacramentano, por quem tenho muito carinho, inclusive, com vários pacientes daqui”.

Em Sacramento, Robertinho cresceu ao lado dos irmãos, Adalberto Filho, Alberto, Suzane e Saulo. Os estudos, desde o princípio foram na Escola Coronel, onde concluiu o Colegial. Sem perder o cordão umbilical, periodicamente, vem a Sacramento, onde possui propriedade rural. “Não tenho muito tempo, papai é quem cuida da fazenda, ele entende tudo, médico aprende a ser médico e não sabe fazer mais nada, a profissão consome muito da gente, mas sempre que posso venho pra cá, porque a fazenda é terapia para mim”, confessa. 

Roberto é casado com Suzane Vicentine Zandonaide, pais de Ana Carolina, 10 e Mariana de três meses