Jornal O Estado do Triângulo - Sacramento
Edição nº 1595 - 03 de Novembro de 2017

Editorial

Alô ET virtual, parabéns!!!...

Olh'aí os leitores navegando na net e enviando cumprimentos ao jornal ET pela edição 'on-line'. Veja alguns dos e-mais recebidos pelo serviço Interativo da página dos leitores:

Parabéns pelo novo site do Jornal O Estado do Triângulo. Visual limpo, fácil e rápida navegação, uma referência para nós sacramentanos! Sucesso.
Celso Cerchi Bonatti

Mesmo estando longe da Terrinha sempre fico ligada nas notícias que chegam pelo Jornal O Estado do Triângulo. Agora muito mais feliz, por estar podendo ver tudo pela net. Parabéns por esta iniciativa e um forte abraço.

Editorial - O Brasileiro Comum

O melhor do Brasil é o brasileiro comum.
Aquele que os mais ignorantes teimam em tratar com desdenho, sem dar importância. Gente incapaz de agradecer um garçom que serve um café na reunião, gente que acha que qualquer salário mínimo e a garantia de um empreguinho vai calar a boca dos motoristas, das secretárias e dos caseiros.

Temos orgulho dos Pelés, Ayrtons, Diegos, Daianes, Ronaldinhos, Drummonds, Miltons e outros tantos que levam nosso país aos degraus dos pódiuns, às listas de escritores mais lidos ou músicas mais tocadas nas rádios de todo mundo.

Mas o que nos emociona de verdade são os faxineiros que devolvem malas de dinheiro achadas nos aeroportos e metrôs, são os que não têm medo da verdade e da força dos poderosos. São as pessoas que abrem mão de fortunas para cuidar de pobres, das pessoas que abrem suas casas e as transformam em asilos, creches, etc.

Páscoa

Páscoa

Tempo de Ressurreição!
Tempo em que CRISTO transcende
as fronteiras entre a vida e a morte.

E ressurge glorioso, rompendo as correntes do ódio, da prepotência e do egoísmo.

Vencendo a cruz e a humilhação,
para maravilhar-nos com a
Sua Ressurreição.

P Á S C O A!

Tempo em que CRISTO ressurge
para mostrar-nos que o viver não tem limites
e a morte é apenas uma passagem para
a outra margem...

E a outra margem é o tempo de
construção de uma nova vida, de liberdade,
de libertar e de libertação.

Tempo de CRISTO no tempo do homem,

Turismo histórico... sem patrimônio histórico!

Alessandro Abdala

Editorial

Quatro anos se passaram da última eleição presidencial, e já estamos aí de novo. Você lembra em quem votou? Acha que valeu o seu voto? É hora de refletir sobre o último pleito, a fim de aprimorarmos nosso modo de escolha, que por falta de opções, se torna cada vez mais difícil.
É bom ressaltar, que a consciência política acaba refletindo no nosso cotidiano, no pão que compramos, no preço dos combustíveis que são essenciais a todos, no atendimento de hospitais da rede pública, dentre outras coisas...

Mas, voltando ao que interessa, esta é (e todas serão) uma das mais importantes eleições do nosso Brasil. E será, com certeza, a mais "quente" delas.

Dois anos da missão franciscana

“Deixai vir a mim as criancinhas... tudo o que fizerdes a um desses pequeninos, é a mim que o fazeis”.

Os anos passam, as pessoas passam, mas a vontade de Deus continua sempre permanente, quando existem pessoas fiéis a sua santa vontade. O Educandário Santíssimo Redentor foi inaugurado no dia 19 de março de 2004, e tem por condutor a Fraternidade de São Francisco de Assis na Providência de Deus, e como entidade mantenedora, na cessão do prédio e apoio financeiro mensal, a Congregação dos Redentoristas. O trabalho fica por conta da excelente administração dos franciscanos, o guardião da casa, Frei Pedro, e ainda Lourenço e Domingos Sávio.

Editorial

Educação Corporativa

Por Paulo Roberto Lucas de Oliveira (*)

Segundo Alvin Toffler, estamos na Terceira Onda, ou seja, na era do conhecimento, do qual as empresas dependem cada vez mais como principal fator de produção, em substituição à terra e aos equipamentos, que caracterizaram a revolução agrícola e a industrial. Hoje, é necessário ter colaboradores com formação específica em uma área do conhecimento, mas também com visão geral do seu negócio e do mercado no qual a empresa está inserida. Uma opção é buscar esse funcionário no mercado, já pronto para assumir uma posição de liderança e de gestão; a outra é formar os próprios executivos. Neste ponto, um curso preparado exclusivamente para a empresa poderá agilizar a formação desses colaboradores, à medida que mescla assuntos gerais com os temas específicos vividos diariamente pela empresa. Denominamos este processo de Educação Corporativa.

O desafio democrático faz mulheres do século XXI

por Ivone Regina Silva

A mulher encontra-se atualmente diante de grandes desafios.
Sem perder sua tradicional personalidade de educadora, rainha do lar e de esteio da família, ela se viu de repente, lançada num mundo globalizado, tendo que trabalhar fora e vencer o machismo, a discriminação e o revanchismo.

Muitas mulheres sucumbiram-se à vergonha, ao abandono, à exclusão, mas não abandonaram o sonho de liberdade. Lutaram em favor de outras gerações e conquistaram espaços antes reservados
somente ao sexo masculino.

De esposa e mãe, tornaram-se dentre outras, empresárias, médicas, políticas, psicólogas, professoras na escola da vida.

Editorial

Por Ivone Regina Silva

Levanta-te, vem para o meio

O tema da Campanha da Fraternidade (CF) de 2006 é "fraternidade e pessoas com deficiência" e o lema, "levanta-te, vem para o meio"(Mc 3,3).

O texto-base aborda primeiramente a realidade social e a problemática enfrentada pelas pessoas com deficiência, bem como a história de suas lutas e conquistas.

Ao mesmo tempo, à luz dos princípios evangélicos e éticos, são analisadas criticamente diversas atitudes pouco fraternas em relação às pessoas com deficiência e soluções inadequadas para a sua problemática.

A escola de Biil Gates e a nossa escola

Maria Elena de Jesus

Neste início de ano letivo é oportuno refletir um pouco sobre a formação daqueles que são a razão do existir de uma escola, o estudante. Afinal, é lá que se espera que receba informações e formação para viver em sociedade. Digo formação, pois que há tempo a escola deixou de ser local de mera instrução acadêmica e da ensinança de livros. A escola, hoje, buscar ser humanista, trabalhar e contribuir para a formação do ser humano como um todo. A escola é um tipo de intervenção no contexto social para responder a problemas reais onde o jovem é sempre o ator principal.